Coin News

Hackers usam milhares de computadores para tentar quebrar criptografia do Bitcoin

19 Sep, 20223 min readBitcoin
Hackers usam milhares de computadores para tentar quebrar criptografia do Bitcoin

Um grupo hacker voltou a ativa com uma única missão, a de quebrar a criptografia do Bitcoin, algo nunca feito no passado por ninguém e considerada por muitos técnicos como impossível de ser concretizada.

Em seu processo de segurança, o bitcoin tem a mineração Proof-of-Work (POW), que valida os blocos de transações e os adiciona a rede. Além disso, os nodes verificam os novos blocos e aceitam estes como processo de verificação descentralizada da rede.

Como a segurança da rede segue em alta, com o hashrate do Bitcoin batendo recorde nos últimos dias, qualquer quebra do mecanismo de segurança parece impensável.

Contudo, hackers querem provar sua teoria e consideram incursões na rede.

Computação quântica que nada, hackers querem quebrar criptografia do Bitcoin com outro método

A Aqua Security divulgou um novo estudo recente sobre possíveis ataques ao código do Bitcoin, sendo realizados pelo TeamTNT, um grupo hacker que ficou famoso nos últimos anos.

Para identificar o grupo, algumas assinaturas de membros foram percebidas nas novas incursões, o que levam os investidores de segurança digital a desconfiar que o grupo retornou das cinzas, após pararem seus ataques em novembro de 2021.

Os especialistas em segurança identificaram que o grupo hacker está realizando o “Ataque do Canguru”, que consiste em quebrar a Curva Elíptica utilizada pelo Bitcoin.

E para isso, eles parecem ter construído um aplicativo descentralizado que foi instalado em computadores de vítimas, que buscarão quebrar a criptografia utilizada pelo bitcoin, sem necessariamente apelar para a computação quântica, um antigo temor dos estudiosos da criptografia.

“O algoritmo do solucionador ECDLP do intervalo Kangaroo da Pollard parece ser uma tentativa de quebrar a criptografia SECP256K1 que é usada pelo Bitcoin para implementar sua criptografia de chave pública. Isso é interessante porque o TeamTNT está usando o alto poder computacional (e gratuito ou ilegal) de seus alvos para executar o solucionador ECDLP. Ele é projetado para ser executado de maneira distribuída, pois o algoritmo divide a chave em pedaços e os distribui para vários nós (servidores atacados), coletando os resultados que são gravados localmente em um arquivo de texto.”

A equipe de segurança que encontrou a nova tentativa divulgou que embora o bitcoin seja um dos possíveis alvos dessa ameaça, o problema pode ser muito maior.

Efeito pode ser devastador para toda internet, não só bitcoin

Vale lembrar que tudo que é relacionado com segurança digital nos dias de hoje envolve criptografia, sendo as Curvas Elípticas uma das mais seguras do mundo.

Ou seja, caso o grupo hacker tenha sucesso em resolver essa criptografia, eles podem muito bem quebrar não apenas o Bitcoin, mas toda a internet.

“O Problema do Logaritmo Discreto da Curva Elíptica (ECDLP) é considerado uma função irreversível. É a base para criptografia segura em criptografia de chaves públicas e privadas, que é a base da comunicação segura na Internet (SSH, SSL etc). […] Se você realmente conseguir fazer isso, potencialmente terá as chaves para quase tudo o que está conectado online, o que pode ter um efeito devastador em toda a Internet.”

Caso eles não tenham sucesso, o caso mostra que mais uma vez o Bitcoin sobreviverá a uma tentativa de ataque, mostrando mais força de sua tecnologia descentralizada.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store