Coin News

34% dos gamers querem usar criptomoedas no Metaverso, apesar da reação negativa

15 Jul, 20223 min readNFT
34% dos gamers querem usar criptomoedas no Metaverso, apesar da reação negativa

Apesar da reação de uma parte vocal da comunidade de jogos, uma nova pesquisa revelou que um terço dos jogadores manifestaram interesse em usar criptomoedas no Metaverso.

E, mais jogadores do que descrentes que o Metavero terá um impacto positivo nos jogos.

A pesquisa foi publicada na quarta-feira (13/07) pela desenvolvedora de software institucional Globant. Foi conduzido pela YouGov e entrevistou 1.000 jogadores adultos de PC, console e/ou dispositivos móveis no mês passado, com 34% dos entrevistados indicando interesse em realizar transações de criptomoedas no Metaverso.

O conceito de jogar-para-ganhar (P2E) no Metaverso também é relativamente bem recebido pelos jogadores, com 40% dos entrevistados afirmando que estão “interessados ​​em buscar uma mistura dos aspectos 'jogar' e 'ganhar' do Metaverso.” Enquanto 11% indicaram que estão mais interessados ​​em ganhar, e 49% afirmaram que estão interessados ​​apenas em jogar.

Mais da metade (53%) dos entrevistados também afirmaram que trabalhariam alegremente em mundos de jogos virtuais se pudessem ganhar moeda digital com seu trabalho.

Em termos de tokens-não-fungíveis (NFTs), 16% dos jogadores afirmaram que compraram pelo menos um no passado. No entanto, não ficou claro se eles eram NFTs relacionados a jogos.

Mais da metade (52%) dos jogadores acredita que o Metaverso mudará a indústria de videogames e “uma pluralidade de 41% acha que o Metaverse terá um impacto positivo na indústria (vs. 25% que discorda)”.

Notavelmente, no entanto, apesar de 40% dos entrevistados associarem a tecnologia blockchain ao Metaverso, apenas uma plataforma nativa de blockchain fez a lista das marcas Metaverse mais reconhecidas.

O mais reconhecido é o Meta com 73%, seguido pelos criadores de Fortnite Epic Games com 27%, Roblox com 21%, The Sandbox baseado na Ethereum com 15% e a desenvolvedora de Pokemon Go Niantic com 10%.

Alguns jogadores obstinados expressaram desgosto por criptomoedas e NFTs em várias ocasiões, geralmente em resposta a grandes empresas e marcas que anunciam essas integrações em suas linhas de produtos.

Eles criticam o impacto ambiental da tecnologia e sugerem que ela impacta negativamente a experiência de jogo, mas o raciocínio central parece ser a crença de que as empresas estão apenas procurando por dinheiro em uma veia semelhante às controversas microtransações nos jogos.

Recentemente, o desenvolvedor de videogames Mark Venturelli lançou um ataque aos NFTs durante o Festival Internacional de Jogos do Brasil em uma apresentação intitulada “Por que os NFTs são um pesadelo”.

Venturelli argumentou que a introdução de atividade econômica especulativa via NFTs acabará arruinando a experiência para pessoas que querem apenas jogar por diversão, pois “grupos organizados” assumirão o controle enquanto trabalham para lucrar em escala.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store