Coin News

Fusão do Ethereum ganha nova data e deve chegar antes do esperado

12 Aug, 20223 min readEthereum
Fusão do Ethereum ganha nova data e deve chegar antes do esperado

A tão aguardada atualização do Ethereum, conhecida como a “fusão“, pode acontecer antes do esperado, no dia 15 ou 16 de setembro, de acordo com um membro proeminente da comunidade da blockchain.

A atualização, que irá completar a iniciativa do Ethereum de migrar para um mecanismo de consenso proof-of-stake (PoS), estava oficialmente prevista para 19 de setembro.

Porém, nesta quinta-feira (11), Anthony Sassano, um “educador” independente sobre o Ethereum e cofundador do site de pesquisa EthHub, tuitou: “A fusão da rede principal do Ethereum foi provisoriamente agendada para 15/16 de setembro”:

The Ethereum mainnet merge has been tentatively scheduled for around September 15th/16th.The Merge is coming — sassal.eth (@sassal0x) August 11, 2022

Ele acrescentou que a notícia surgiu de uma reunião com os desenvolvedores principais do Ethereum nesta quinta-feira. “A fusão vem aí”, tuitou.

Existem apenas duas etapas restantes (“Bellatrix” e “Paris”) até que o Ethereum finalize sua atualização. Durante a reunião, desenvolvedores afirmaram que “Bellatrix” está prevista para o dia 6 de setembro.

A parte final da atualização, conhecida como “Paris”, vai acontecer quando o hashrate — medida do poder computacional da rede — do Ethereum chegar a um determinado nível. A expectativa é que isso aconteça no dia 15 de setembro.

No entanto, isso pode mudar nos próximos dias ou nas próximas semanas, pois o hashrate de uma rede não é algo constante, ou seja, pode aumentar ou diminuir ao longo do tempo.

A atualização do Ethereum para a sua nova versão, popularmente conhecida como ETH 2.0, significa que, em vez de ser uma blockchain proof-of-work (PoW), o Ethereum passará a ser baseada no mecanismo de consenso proof-of-stake (PoS).

Isso significa que mineradores não serão mais necessários. Validadores serão os novos responsáveis por garantir a segurança da rede ao “bloquearam” (fazerem o staking) de ether (ETH), a criptomoeda nativa da rede.

A expectativa é que essa mudança tão aguardada e discutida torne a principal blockchain de contratos inteligentes do mundo mais rápida, escalável e energeticamente eficiente.

Durante o evento Ethereum Community Conference em julho, na França, o fundador da blockchain, Vitalik Buterin, disse que as outras atualizações da rede serão “ótimas para a descentralização”.

Também se espera que a mudança tenha um impacto deflacionário no ether, pois o staking provavelmente irá desacelerar a taxa em que o fornecimento de ether aumenta. E se o crescimento na oferta diminuir enquanto a demanda aumentar, isso pode ser benéfico para investidores do Ethereum.

Não deve ser surpreendente que, conforme a atualização se aproxima, o preço do ether esteja disparando: neste momento, o ativo está precificado em US$ 1.904, registrando uma alta de quase 20% na última semana.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Aprenda a ganhar dinheiro com CriptoVocê pode ter acesso a um curso exclusivo com os maiores especialistas em cripto para aprender os fundamentos e as técnicas que te ajudam a navegar nas altas e baixas do mercado. Garanta sua vaga aqui!

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store