Coin News

Fusão do Ethereum: Confira como as corretoras que atuam no Brasil estão se preparando para a atualização

13 Sep, 20225 min readEthereum
Fusão do Ethereum: Confira como as corretoras que atuam no Brasil estão se preparando para a atualização

Nesta semana, o Ethereum (ETH) vai receber uma das atualizações mais importantes da sua história, ao trocar o mecanismo de consenso proof-of-work (PoW) para o sistema proof-of-stake (PoS) durante a Fusão (“Merge”, em inglês).

Ainda não é possível precisar o momento exato da atualização porque vai depender do estado do poder computacional do Ethereum – o chamado hashrate – mas a estimativa é que a Fusão aconteça na virada de quarta para quinta-feira, por volta das 00h30 do dia 15 de setembro.

Para se preparar para a Fusão e garantir que os ativos dos investidores estejam seguros em caso de qualquer contratempo, as corretoras de criptomoedas que atuam no Brasil planejam pausar temporariamente saques e depósitos de ETH durante o processo.

Vale lembrar que demais tokens do padrão ERC-20, baseados na blockchain do Ethereum, também poderão serão incluídas nas suspensões, como como UNI, LINK, AAVE, CHZ, SNX, USDC, DAI, CRV, USDT, OMG, WBTC, MATIC, SUSHI, BRZ, AXS, MANA, CRO, SHIB, GALA, entre outros.

Também é importante ressaltar que as negociações de compra e venda dessas criptomoedas continuarão disponíveis nas exchanges citadas abaixo.

Mercado Bitcoin, Binance, e BitcoinTrade

A Binance, por exemplo, mantém suspensos os saques e depósitos de ether desde a última terça-feira (6), via redes Arbitrum, Optimism e Ronin, em preparação a atualização.

Não há ainda uma data determinada de volta das operações, mas a estimativa é que os saques e depósitos voltem pouco depois da Fusão ser concluída e for constatado que a rede está segura.

“A suspensão vai durar até que a Fusão seja concluída”, diz a nota da Binance. “Os depósitos e saques de Ether (ETH) e Wrapped Ether (WETH) nas redes afetadas serão retomados quando as redes forem consideradas estáveis.”

Por enquanto, o Mercado Bitcoin ainda não pausou os saques e depósitos de ether, mas fará isso horas antes da atualização.

“O plano é pausar saques e depósitos aproximadamente duas horas antes do horário previsto para o Merge. A partir do Merge, nosso time irá monitorar os sinais da rede, como o ritmo em que novos blocos são propostos e o número de validadores, por exemplo. Tão logo o time considere que é seguro, saques e depósitos serão retomados. Estimamos que isso deve ocorrer aproximadamente duas horas após o Merge”, disse Fabricio Tota, Diretor de Novos Negócios do MB, ao Portal do Bitcoin.

Outra empresa que seguirá uma postura semelhante será a BitcoinTrade, conforme contou à reportagem Caio Cozza, Head de Engenharia da exchange:

“Tanto a BitcoinTrade como a wallet da Ripio terão uma pausa em todas as transações para as criptomoedas que estão na rede do Ethereum. O período de pausa durará até o fim do The Merge, assim que a rede já estiver estável voltaremos a realizar todas as operações.”

Coinext, Bitso e NovaDAX

De acordo com a equipe da Coinext, a corretora brasileira também planeja pausar os depósitos e saques de ETH durante a atualização. A suspensão temporária deve ter início horas antes da Fusão, sendo retomadas nas horas posteriores ao upgrade, por questões de segurança que seguem as recomendações da própria rede.

Já a NovaDAX já bloqueou os saques e depósitos de ether e tokens ERC-20 desde a última terça-feira (6), com volta dos serviços após a atualização.

“Se não houver problemas com a rede ERC20 após a fusão, os depósitos e saques serão reabertos, mas não há ainda uma data definida, uma vez que será necessário acompanhar o processo”, explica Cesar Félix, Gerente de Customer Experience da NovaDAX.

BitPreço e Foxbit também farão pausadas semelhantes com a chegada da fusão.

A Bitso informou no seu blog que pausará os saques e depósitos de ether para a atualização, mas ainda não informou quando os bloqueios começarão. Essas informações serão divulgadas na página de status da corretora, que indica quando os serviços estão disponíveis ou não no seu sistema.

A corretora de origem mexicana também fez recomendações de segurança que investidores devem estar atentos essa semana para evitar cair em golpes que podem surgir neste momento:

“Evite enviar ETH para qualquer lugar na tentativa de atualizar para ‘ETH2’. Não existe um token ETH2. O termo ‘ETH2’ foi descontinuado. Será somente Ethereum”, relembra a corretora.

Fork do Ethereum

A expectativa é que após a Fusão do Ethereum, uma nova versão “não oficial” do Ethereum possa surgir no mercado.

Mineradores chineses insatisfeitos com o fim da mineração de ether e de seus lucros expressivos, já revelaram o desejo de fazer um hard fork para manter viva uma versão proof-of-work do Ethereum, mesmo após a Fusão trazer o sistema PoS para a rede principal.

Ainda não está claro se, ou quando, esse fork do Ethereum feito por mineradores vai acontecer, mas as corretoras brasileiras disseram que irão estudar o assunto.

O Mercado Bitcoin, por exemplo, destaca que caso um fork ocorra e o ETHPoW se torne relevante, irá avaliar a listagem desse novo. “Em um primeiro momento não acreditamos que isso vá ocorrer, portanto não iremos garantir que os clientes terão acesso imediato ao token da rede PoW”, afirma Tota.

A NovaDAX também diz que não promete listar novas moedas. “Se novos tokens forem gerados, e nós confirmarmos sua listagem após o evaluation, serão distribuídos proporcionalmente de acordo com os ativos do usuário no momento”, destaca a equipe da corretora.

A Coinext disse que sua intenção é disponibilizar o novo token caso ele de fato seja lançado, mas que não pode confirmar a listagem uma vez que a questão ainda não está concreta.

O MB oferece taxas regressivas de negociação e estratégia de investimento de acordo com o seu perfil. Junte-se à maior Exchange da América Latina e negocie mais de 200 ativos digitais, como tokens, renda fixa digital e criptomoedas. Abra a sua conta gratuita!

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store