Coin News

FTX negocia financiamento de US$ 1 bilhão com investidores para realizar novas aquisições

34 min ago3 min readOther
FTX negocia financiamento de US$ 1 bilhão com investidores para realizar novas aquisições

A exchange de criptomoedas de Sam-Bankman Fried, FTX, está engajada em negociações com investidores para arrecadar US$ 1 bilhão em novos financiamentos, pois prretende utilizar o capital extra para realizar novas aquisições durante o atual ciclo de de baixa do mercado.

De acordo com uma reportagem publicada na quarta-feira, 21, pela CNBC, que cita fontes próximas ao assunto, as negociações ainda estão em andamento e os detalhes ainda podem estar sujeitos a alterações. Se for verdade, o valor do financiamento manteria intacta a avaliação atual da FTX, que é de aproximadamente US$ 32 bilhões.

A potencial rodada de financiamento de US$ 1 bilhão se somaria aos US$ 400 milhões que a FTX arrecadou em janeiro e poderia sinalizar uma forte confiança dos investidores na empresa, visto que o setor está sendo assolado por um longo inverno.

Outros detalhes são escassos nesta fase. No entanto, as fontes disseram que parte dos novos fundos seriam direcionados para mais aquisições e negociações no espaço cripto. Não surpreende, visto que a Alameda Research, a empresa de pesquisa quantitativa da FTX e de SBF, está muito ativa no atual mercado de baixa.

Uma potencial aquisição da Voyager Digital, credora de criptomoedas em situação delicada, vem sendo negociada desde julho. A FTX delineou uma proposta conjunta com a Alameda para comprar a Voyager depois que esta deu entrada a um pedido de falência.

A proposta da FTX foi criticada pela Voyager, descrevendo-a no processo do tribunal de falências de Nova York como “uma oferta baixa apresentada como um resgate de cavaleiro branco” e como um movimento “projetado para gerar publicidade para si mesma, em vez de valor para os clientes da Voyager."

A FTX permaneceu alerta, no entanto, já que a Voyager iniciou o leilão do que restam de seus ativos em 13 de setembro.

De acordo com uma reportagem publicada na terça-feira, 21, no The Wall Street Journal (WSJ), tanto a Binance quanto a FTX são agora as principais partes interessadas nos ativos da Voyager. A oferta da Binance seria de cerca de US$ 50 milhões, enquanto a proposta da FTX estaria apenas um pouco abaixo desse valor. O leilão vai até 29 de setembro e o WSJ afirmou que nenhuma das ofertas foi aceita até então.

No início deste mês, a FTX Ventures, um braço de investimentos da exchange, anunciou que adquiriria uma participação de 30% na empresa de gestão de ativos de Anthony Scaramucci, SkyBridge Capital, por um valor não revelado.

Em junho, a FTX também celebrou um acordo para comprar a plataforma de negociação de criptomoedas canadense Bitvo como parte de planos mais amplos de expansão para o Canadá. Um mês antes, a FTX US também assinou um acordo com a encrencada plataforma de empréstimos BlockFi para fornecer uma linha de crédito rotativo de US$ 400 milhões atrelada a uma opção de compra da empresa por cerca de US$ 240 milhões.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store