Coin News

FTX libera R$ 2 bilhões em FTT sem explicação; Huobi e Binance paralisam depósitos

6 d ago3 min readOther
FTX libera R$ 2 bilhões em FTT sem explicação; Huobi e Binance paralisam depósitos

Um novo – e estranho – capítulo da crise da FTX ocorreu nesta segunda-feira (14): diversos tokens FTT começaram a ser emitidos no mercado. O FTT é o token nativo da FTX cuja desvalorização abriu a atual crise na exchange e no mercado como um todo.

De acordo com dados da blockchain divulgados por Changpeng “CZ” Zhao, CEO da Binance, um endereço liberou cerca de US$ 400 milhões em FTT no mercado. Com base na cotação atual, o valor corresponde a R$ 2 bilhões.

FTX libera tokens sem aviso

Logo após a liberação dos FTT, asexchanges de criptomoedas Binance e Huobi bloquearam depósitos do token em suas plataformas. Ou seja, quem receber esses FTT não poderá enviar os tokens para as duas exchanges com o objetivo de vendê-los a mercado.

A FTX realiza a liberação de FTT no mercado conforme de desbloqueio de grandes lotes do token. Este cronograma é divulgado periodicamente pela exchange, assim como ocorre em outras plataformas. Dessa forma, o mercado consegue se preparar para absorver a nova demanda.

Só que dessa vez, a FTX liberou os tokens fora do cronograma sem aviso ou comunicação. A FTX também não explicou os motivos que levaram a essa atitude. De acordo com os dados, o contrato inteligente liberou mais de 192 milhões de FTT.

Os tokens saíram do endereço principal do implantador, isto é, da FTX. Isso significa que a plataforma tinha ciência da liberação. A atitude causou mais pânico no mercado, pois a venda desses tokens pode causar ainda mais desvalorizações no FTT e quedas em outras criptomoedas.

Exchanges bloqueiam depósitos

Para evitar vendas em massa, a Binance e a Huobi resolveram paralisar os saques. Por meio do Twitter, CZ anunciou a decisão na madrugada desta segunda-feira.

“A Binance interrompeu o depósito FTT, para evitar o potencial de mais efeitos em cascata negativos ​​que afetem o mercado. Encoraje também outras exchanges a fazer o mesmo”, escreveu o CEO.

Em seguida foi a vez da Huobi, controlada por Justin Sun, anunciar o bloqueio dos depósitos. Logo depois de CZ, Sun também escreveu a decisão da exchange no Twitter. “(Nós) monitoraremos de perto a situação”, escreveu Sun.

Mais drama na FTX

O despejo de mais FTT no mercado aumenta o drama envolvendo o FTX, que entrou em colapso ao longo de uma semana. A exchange fez seu pedido de proteção contra falência, o Capítulo 11, na sexta-feira (11). Os riscos de contágio agora estão permeando todo o mercado de criptomoedas.

De fato, o mercado já precifica a nova onda de emissões, pois o FTT opera em queda de 24,8% nas últimas 24 horas, valendo R$ 7,58. O preço do token caiu mais de 95% nos últimos sete dias, desde o colapso da FTX.

Há um ano, o valor de mercado do FTT era de cerca de R$ 40 bilhões e agora caiu para menos de R$ 1,6 bilhão, de acordo com o CoinGecko.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store