Coin News

FTX entregou dinheiro de seus clientes para a Alameda, apontam fontes

10 Nov, 20224 min readOther
FTX entregou dinheiro de seus clientes para a Alameda, apontam fontes

Fontes do The Wall Street Journal apontam que a FTX entregou o dinheiro de seus clientes para a Alameda Research, outra empresa comandada por Sam Bankman-Fried, também chamado de SBF.

Segundo as informações, SBF teria contado a um investidor que a Alameda deve cerca de US$ 10 bilhões à FTX. Indo além, também comenta que a FTX estaria fazendo a custódia de US$ 16 bilhões a seus clientes, tendo colapsado após honrar US$ 5 bilhões em saques neste domingo (6).

Bankman-Fried chegou a pedir desculpas através de suas redes sociais nesta quinta-feira (10) após nem mesmo a Binance mostrar interesse em salvar a FTX. Entretanto, nada parece acalmar os ânimos de seus clientes que continuam sem poder sacar suas criptomoedas.

Alameda Research e a queda da FTX

Na última semana, um artigo da CoinDesk incendiou o mercado após apontar que a Alameda Research, empresa ligada a FTX, estaria com problemas em seu caixa. Após isso, rumores fizeram com que saques em massa desmascarassem a FTX, provando que a mesma estava insolvente.

Segundo informações do The Wall Street Journal, Sam Bankman-Fried teria usado o dinheiro dos clientes da FTX para financiar as operações da Alameda, informação que até então não havia sido divulgada.

No total, a fonte anônima apontou que a quantia envolvida é de cerca de US$ 6 bilhões, equivalente a R$ 32 bilhões em conversão direta. Indo além, também afirma que a FTX possuia a custódia de US$ 16 bilhões (R$ 85 bi).

Já Lucas Nuzzi da CoinMetrics acredita que a FTX salvou a Alameda no segundo trimestre deste ano, período onde diversas outras gigantes quebraram, incluindo a Voyager, comprada pela própria FTX meses depois.

“Encontrei evidências de que a FTX pode ter fornecido um resgate maciço para a Alameda no segundo trimestre, que agora voltou para assombrá-los. 40 dias atrás, 173 milhões de tokens FTT no valor de mais de 4 bilhões de dólares tornaram-se ativos on-chain.”

1/ I found evidence that FTX might have provided a massive bailout for Alameda in Q2 which now came back to haunt them.40 days ago, 173 million FTT tokens worth over 4B USD became active on-chain. A rabbit hole appeared 🧵👇 — Lucas Nuzzi (@LucasNuzzi) November 8, 2022

O texto segue, apontando que a Alameda pode ter quebrado há muito tempo, com a 3AC e tantas outras, sobrevivendo até então apenas pela má conduta de SBF.

Atenção está voltada para a Binance

Outra acusação é que até mesmo a Binance poderia estar a par da situação da Alameda Research e da FTX, muito antes das mesmas confirmarem publicamente a sua situação.

“Há uma chance de o pessoal da Binance saber sobre esse acordo entre a FTX e a Alameda”, continuou Nuzzi da CoinMetrics.

Já SBF, que pediu ajuda de Changpeng Zhao, parece ter ameaçado seu rival enquanto sofre as consequências de seus atos.

“Em algum momento eu posso ter mais a dizer sobre um determinado parceiro de treino (sparring), por assim dizer. Mas você sabe, casas de vidro. Então, por enquanto, tudo o que vou dizer é: bem jogado; você ganhou.”

20) At some point I might have more to say about a particular sparring partner, so to speak.But you know, glass houses. So for now, all I'll say is:well played; you won.— SBF (@SBF_FTX) November 10, 2022

Por fim, hoje a Binance é a maior corretora do mundo e deve ser o próximo alvo de reguladores. Devido sua pressa na intenção de salvar a FTX e em mostrar suas carteiras frias, é possível que a mesma esteja preocupada com alvo, mas ainda é cedo para saber o que é.

Enquanto isso, o mercado segue aflito. Apesar dos dados de inflação dos EUA, publicados nesta quinta-feira (10), terem aliviado investidores, o sentimento ainda é de desconfiança.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store