Coin News

FTX Brasil apaga contas do Instagram e Twitter; executivos silenciam sobre o caso

11 Nov, 20223 min readBitcoin
FTX Brasil apaga contas do Instagram e Twitter; executivos silenciam sobre o caso

A presença da FTX no Brasil começa a ser apagada após a corretora ter derretido por falta de liquidez e parar de pagar os clientes. As páginas “FTX em Português” no Instagram e Twitter foram apagadas nos últimos dias e seus representantes no país pararam de fazer manifestações públicas antes do crash.

As duas caras da FTX no Brasil são Antonio Neto, desenvolvedor de mercado para América Latina, e Afonso Belice, diretor de comunidade. Ambos eram ativos no Twitter, mas não tem publicado desde a FTX anunciou uma tentativa de acordo para ser comprada pela Binance — negócio que a empresa de Changpeng “CZ” Zhao não quis dar sequência.

Antonio é o primeiro funcionário da FTX em toda a América Latina, conforme informou em entrevista ao Brazil Report em fevereiro deste ano.

No dia 4 de setembro, Antonio retuítou um post da conta The Logistician no qual aparece com mais um grupo de pessoas em uma foto com Sam Bankman-Fried, criador da FTX e pivô de todo o drama. Ao que tudo indica o registro foi feito nas Bahamas, onde o CEO da corretora mora.

A publicação mais recente de Antonio é um retuíte da conta oficial da FTX falando que a empresa possuía 300 funcionários que os clientes podiam checar a receita da companhia por meio da queima semanal de FTT, tokens nativos da blockchain feita pela corretora.

Antonio republicava com grandes frequência mensagens de Sam Bankman-Fried, desde seu primeiro post: compartilhou sua participação no podcast Brazil Report, conduzido pelo jornalista norte-americano Aaron Stanley.

Diretor de comunidade

Já Afonso Belice fala muito mais em seu Twitter sobre macroeconomia do Brasil e mercado cripto em geral do que da FTX em si.

No dia 26 de janeiro desse ele retuítou um vídeo feito pelo influencer Nuseir Yassin apresentando Sam como um filantropo que iria mudar o mundo por meio de doações bilionárias e que não possupia nenhuma ambição pessoal.

O post de Yassin com o vídeo foi retirado do ar na manhã desta sexta-feira (11).

O último post de Afonso é de 4 de novembro e mostra o executio comemorando o fato de o banco JPMorgan ter feito sua primeira operação usando blochchain.

O link na descrição de perfil de Afonso leva para uma página pessoal na qual o executivo mostra: um caminho para baixar um guia de mercado cripto para iniciantes de forma gratuita; o canal de YouTube da FTX; um link para io site da corretora com com a mensagem “Abra sua conta na FTX e ganhe descontos nas taxas de trade”; e a comunidade de Telegram de usuários da língua portuguesa da empresa, que possui 5 mil pessoas.

Procurando uma corretora segura que não congele seus saques? No Mercado Bitcoin, você tem segurança e controle sobre seus ativos. Faça como nossos 3,8 milhões de clientes e abra já sua conta!

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store