Coin News

Ethereum lança rede de testes para atualização Shangai: eis o que vem a seguir

19 Oct, 20223 min readEthereum
Ethereum lança rede de testes para atualização Shangai: eis o que vem a seguir

Saques de Staked Ether (sETH) e taxas de gás mais baixas são alguns dos avanços esperados a partir das próximas melhorias críticas a serem implementadas na rede Ethereum com a atualização Shangai. A versão da rede de testes, apelidada de Shandong, já está disponível. Os desenvolvedores agora podem começar a trabalhar nas implementações. um processo que deve se estender até setembro de 2023.

Esta é a primeira grande atualização do protocolo desde que o mecanismo de consenso da Ethereum mudou para Prova-de-Participação (PoS) em setembro, após a fusão da rede principal com a Beacon Chain.

Além disso, a próxima atualização introduz uma mudança elementar na Ethereum Virtual Machine (EVM), a tecnologia que alimenta os contratos inteligentes de rede. O EIP-3540, ou formato de objeto EVM, é uma das atualizações mais esperadas pela comunidade, pois separa a codificação dos dados, o que pode ser benéfico para os validadores on-chain. Galen Moore, líder de conteúdo da Axelar, comentou a proposta em declaração ao Cointelegraph:

“Sob o meu ponto de vista, o EIP-3540 é a atualização mais significativa proposta para a Shangai. É mais um passo em direção à interoperabilidade dentro do ecossistema Ethereum. Atualmente, as redes de camada 2 na Ethereum usam um processo de validação de código complicado. O EIP-3540 separa código e dados, tornando esse processo mais eficiente. É uma notícia especialmente boa para o crescente ecossistema de Polygon Supernets – cadeias de aplicativos descentralizadas construídas na Polygon Edge.”

Outra proposta esperada é o EIP-4895, que permitirá saques de sETH e de recompensas obtidas através do Ether depositado na Beacon Chain para garantir a segurança da rede. Para garantir a estabilidade da rede, os validadores atualmente não podem sacar fundos diretamente.

Entre as propostas em consideração, a atualização também introduzirá mudanças nos protocolos da camada 2, reduzindo os preços do gás ao equalizar os tamanhos dos blocos e aumentar a eficiência dos dados de chamadas na rede. Moore também observou:

“Quando as cadeias especializadas podem se basear em uma camada 2 como a Polygon e reduzir o custo de comunicação com a cadeia básica Ethereum, isso reduz os preços do gás para usuários em todos os lugares do ecossistema – tornando mais eficiente a escala horizontal de uma maneira que espalha a demanda .”

Conforme relatado anteriormente pelo Cointelegraph, a fusão foi a primeira etapa de um processo de cinco partes, que vem sendo elaborado por vários desenvolvedores da Ethereum, participantes do ecossistema e comentaristas. A principal mudança implementada pelo The Merge foi a redução drástica no consumo de energia, reduzindo o gasto energético da Ethereum em 99%.

Etapas adicionais que estão por vir incluem o Surge, um passo importante para aumentar a escalabilidade da capacidade da blockchain para armazenar e acessar dados, seguido pelo Verge, Purge e Splurge. As últimas três etapas no desenvolvimento contínuo do Ethereum devem ocorrer nos próximos anos.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store