Coin News

Empresa cria “disque-golpe” para ajudar vítimas de crimes envolvendo criptomoedas

5 d ago2 min readBlockchain
Empresa cria “disque-golpe” para ajudar vítimas de crimes envolvendo criptomoedas

A empresa de inteligência em blockchain Chainalysis lançou seu “Crypto Incident Response Program” para auxiliar organizações que foram alvo de hackers e ransomware para recuperar seus fundos. Quem optar pelo serviço terá acesso a uma linha direta que ficará disponível 24 horas por dia.

Quando o contato for feito entre a organização que for vítima de um ataque e a unidade de resposta, a Chainalyis irá delegar uma equipe de especialistas “para trabalhar sem parar e lado a lado” com a empresa e, se necessário, ajudá-la a entrar em contato com as autoridades.

Jarno Laatikainen, gerente de investigações da Chainalysis, é creditado como o idealizador do projeto.

Today we’re launching Crypto Incident Response, a rapid response service for organizations that have been targeted by a cyber attack or unauthorized network intrusion that involves a #crypto theft or demand. Find out how it works: — Chainalysis (@chainalysis) June 22, 2022

Chainalysis divulga dados sobre crimes envolvendo criptomoedas

De acordo com dados da Chainalysis, o uso legítimo de criptomoedas está ultrapassando o uso criminal — apenas 0,15% das transações em 2021 envolviam endereços ilícitos —, mas roubos de criptomoedas com hackers ou ransomware atingiram uma alta recorde.

Entre 2019 e 2020, o valor total obtido por invasores de ransomware quintuplicou, passando de US$ 144 milhões para US$ 728 milhões — um nível que se manteve estável ao longo de 2022.

Enquanto isso, o valor total roubado por hackers atingiu um recorde de mais de US$ 3 bilhões em 2021, tendo estado bem abaixo de US$ 1 bilhão durante 2020. O número total de hacks aumentou de 117 em 2020 para 251 em 2021.

Parece que estamos prestes a ter um ano recorde em 2022. O número total de hacks até agora é de 64 enquanto o valor total roubado está um pouco abaixo de US$ 2 bilhões.

O histórico hack de US$ 622 milhões à “bridge” Ronin, que afetou a sidechain (blockchain paralela) da desenvolvedora Sky Mavis, responsável pelo jogo Axie Infinity, totaliza 1/3 do valor total roubado por hackers até agora neste ano.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store