Coin News

Dois tokens disparam depois que Chiliz anuncia parceria de US$ 100 milhões com o FC Barcelona

50 min ago3 min readOther
Dois tokens disparam depois que Chiliz anuncia parceria de US$ 100 milhões com o FC Barcelona

A plataforma de engajamento de fãs de esportes baseada em tecnologia blockchain Chiliz (CHZ) anunciou um investimento de US$ 100 milhões para adquirir uma participação no Barça Studios, uma divisão do tradicional clube do futebol espanhol Barcelona que desenvolve projetos com foco no metaverso e em tokens não fungíveis (NFTs), além de produções audiovisuais.

Imediatamente após o anúncio, tanto o token de utilidade da Chiliz quanto o fan token do Barcelona dispararam. Ao longo da segunda-feira, 1º de agosto, o CHZ chegou a se valorizar 22,5%, enquanto o BAR subiu 14,6%, de acordo com dados do CoinMarketCap.

Gráfico de 1 hora CHZ/USDT (Binance). Fonte: CoinMarketCap

Após atingirem as máximas locais de US$ 0,1634 e US$ 8,00, ambos os tokens operam em leve correção nesta terça-feira, 2. O CHZ está cotado a US$ 0,1373, mas ainda assim acumula ganhos de 11% nas últimas 24 horas. Já o Bar é negociado por US$ 5,75 e registra uma alta de 11,8% no mesmo período.

Gráfico de 1 hora BAR/USDT (Binance). Fonte: CoinMarketCap

Barcelona e a Socios.com

A colaboração entre a Socios.com, controladora da Chiliz, e o clube sediado na região da Catalunha teve início em fevereiro de 2020 com o lançamento do fan token oficial do Barcelona. Agora, ambas as partes buscam estreitar os laços para a criação de projetos com foco no engajamento digital para criar uma comunidade global de torcedores do clube.

A ideia é que a exploração de tecnologias emergentes como o metaverso e os NFTs estejam no centro da proposta de transformação digital de uma das maiores potências do futebol mundial, criando novos casos de uso para o BAR além do contexto da plataforma da Socios.com, afirmou o comunicado divulgado à imprensa na segunda-feira:

“Somos apaixonados pelo papel que a tecnologia pode desempenhar na construção de comunidades que aproximam os fãs de suas equipes e uns dos outros”, disse Alexandre Dreyfus, CEO da Socios.com e Chiliz. “O Barça Studios agora pode alavancar nossa tecnologia, experiência e alcance global.”

Pouco depois da Socios.com divulgar os novos termos da parceria, o Barcelona confirmou a notícia no Twitter, destacando que a Socios.com tem muito a contribuir para alavancar as estratégias do clube envolvendo a tecnologia blockchain e a Web3.

Som-hi culers! — Socios.com (@socios) August 1, 2022

O FC Barcelona anuncia a venda de 24,5% do Barça Studios à empresa Socios.com por 100 milhões de euros para acelerar as estratégias audiovisual, blockchain, NFT e Web.3 do clube.

Mais detalhes http://barca.link/NEFo50K8xVu

– FC Barcelona (@FCBarcelona)

De acordo com a Socios.com, o fan token do Barcelona já movimentou US$ 40,07 milhões desde o lançamento em 2020. O BAR concede aos proprietários acesso a uma plataforma de engajamento que dá direito a ingressos VIP, produtos oficiais exclusivos, além de outros eventos e promoções.

Não é apenas na Europa que a aliança entre os clubes de futebol e as criptomoedas avançam para abrir novas fronteiras de colaboração e engajamento. Recentemente, o São Paulo Futebol Clube tornou-se o primeiro time da América do Sul a contratar um jogador utilizando criptomoedas.

Giuliano Galoppo, do Clube Atlético Banfield, da Argentina, foi contratado por um total de US$ 6 milhões pagos através da stablecoin USD Coin (USDC), utilizando infraestrutura fornecida pela exchange de criptomoedas Bitso.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store