Coin News

Divisão de criptomoedas do terceiro maior banco da França recebe aprovação de reguladores

17 Oct, 20222 min readRegulation
Divisão de criptomoedas do terceiro maior banco da França recebe aprovação de reguladores

Segundo registros feitos pelo regulador financeiro Francês, a Autorité des Marchés Financiers (AMF) — equivalente à Comissão de Valores Mobiliários no Brasil —, a SG Forge, a subsidiária cripto do banco foi registrada no final de setembro para três atividades relacionadas com a negociação de criptomoedas.

Os fornecedores de serviços cripto devem se registrar com a AMF na França antes de poderem oferecer soluções financeiras como custódia de criptoativos ou operação de uma plataforma de negociação. No caso, o registro da SG Forge abrange a custódia, compra, venda e troca de ativos digitais. Mas ela ainda precisa se registrar para operar uma plataforma de negociação.

O Société Générale, que é o terceiro maior banco credor da França por valor de mercado, não respondeu a um pedido de comentários da reportagem até o momento da publicação.

A SG Forge teve início em 2018 como uma das 60 startups criadas dentro do Société Générale. Desde então, assumiu a liderança nos projetos de blockchain do banco, em parceria com a Tezos e a ConsenSys por suas experiências com a criação de uma moeda digital do Banco Central Francês (CBDC).

Mais recentemente, a SG Forge anunciou uma parceria com a especialista em custódia Suíça Metaco, para se concentrar no crescimento de sua oferta de tokens de segurança. A SG Forge foi arquiteta do título digital de € 100 milhões (US$ 97,5 milhões) do Banco Europeu de investimento, emitido em 2021.

França ‘pró-cripto’

Ao adicionar seu nome à lista de fornecedores de ativos digitais na França, a SG Forge se junta a empresas como Binance, Bitpanda e Crypto.com.

Figuras da indústria elogiaram a abordagem “pró-cripto” da França, que viu Paris se tornar um centro para empresas de blockchain na Europa. Tanto a Binance como a Crypto.com investiram pesadamente na capital.

O Société Générale, com mais de 150 anos, não é o único banco tradicional francês a participar no setor. Em julho, o maior grupo bancário do país, o BNP Paribas, também anunciou uma parceria deles com a Metaco para integrar a Harmonize, uma plataforma em sua própria infraestrutura.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store