Coin News

Distrito Federal pode investir R$ 200 mil em iniciativa com NFT

11 Nov, 20223 min readNFT
Distrito Federal pode investir R$ 200 mil em iniciativa com NFT

O Governo do Distrito Federal, em Brasília, estuda um investimento de R$ 200 mil em uma iniciativa cultural com a tecnologia blockchain e NFT, após a solução ser apresentada para a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do DF.

O recurso poderá ser liberado pelo Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal. Em abril de 2022, edital n.º 4 publicou as regras para interessados em obter o recurso.

Ao todo, o edital recebeu 1.618 projetos de vários temas apresentados por artistas. Conforme a Agência Brasília, a análise dos projetos passou por comissões específicas antes do resultado.

Distrito Federal estuda investir R$ 200 mil em iniciativa com blockchain e NFT

O FAC, criado em 1991, é um dos principais meios de fomento a cultura no Distrito Federal. Filmes, peças de teatro e outras celebrações culturais já contaram com recursos desse fundo em suas produções.

A principal fonte de recursos do fundo vem de 0,3% da receita líquida do Distrito Federal. Assim, em um edital recente, 32 milhões de reais foram destinados a apoiar projetos nunca antes contemplados pelao FAC-DF.

E um deles será a proposta feita por Alexandre Galvão de Queiroz Rangel, para o item de Cultura Digital. Sua proposta consiste em criar um evento sobre “Cultura e Economia Criativa Em Blockchain: Criptoarte e NFTs“.

Ao todo, o edital contemplava três categorias e, embora tenha recebido mais de 1.600 inscrições, nem todos estavam aptos. Comissões criadas pelo secretário de Cultura Bartolomeu Rodrigues avaliaram os projetos.

De qualquer forma, o resultado final de mérito liberado nesta sexta-feira (11) não é o último. Isso porque, na próxima fase, os projetos passam pela avaliação de sua admissibilidade.

Caso o projeto envolvendo NFTs seja aprovado, então ganhará o valor contemplado pelo Distrito Federal, com o recurso de R$ 199.500,00. Os detalhes da proposta não estão divulgados a público.

NFTs no setor público brasileiro

Como uma tecnologia relativamente nova pelo mundo, ainda não é comum que o NFT seja associado ao setor público. Caso o Distrito Federal aprove o projeto, ele poderá ser um dos primeiros na região a contar com verbas públicas para produção em blockchain.

No ano de 2021, os NFTs viveram seu auge de adoção em vários países. No Brasil, grandes empresas já buscaram inovar com o lançamento de suas coleções próprias.

Já em 2022, o Prefeito de Maceió autorizou a cidade a criar uma coleção de NFTs para captar recursos. O caso foi um dos primeiros do Brasil, ainda que mostre que a adoção da tecnologia ligada às criptomoedas esteja no início.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store