Coin News

Desenvolvedor mais antigo do Bitcoin Core anuncia aposentadoria depois de oito anos

20 Aug, 20224 min readBitcoin
Desenvolvedor mais antigo do Bitcoin Core anuncia aposentadoria depois de oito anos

O principal desenvolvedor e líder de manutenção do Bitcoin Core, Wladimir van der Laan, confirmou que está se aposentando. Com isso, van der Laan deixará o projeto após quase oito anos na liderança, conforme ele mesmo afirmou via Twitter.

Van der Laan é o segundo sucessor de Satoshi Nakamoto e é uma das poucas pessoas no mundo com acesso de confirmação final ao GitHub do Bitcoin Core. Ou seja, ele tem acesso profundo às entranhas do código da maior criptomoeda do mundo.

O acesso de van der Lann pertencia a ninguém menos que Satoshi Nakamoto, criador do Bitcoin (BTC). Nakamoto passou esse acesso para o desenvolvedor Gavin Andresen que, em seguida, transferiu-a para van der Laan.

De fato, Andresen aprendeu a mexer no código do Bitcoin diretamente com Nakamoto, mas ficou pouco mais de dois anos no projeto. Em 2014 ele largou o posto e o passou para o holandês, que ficou nesta posição até hoje.

Van der Laan alega burnout e cansaço

A importância de van der Laan para o Bitcoin Core pode ser medida em tempo. O desenvolvedor ficou mais tempo dedicado a manter o código do que Nakamoto e Andresen juntos. Com a sua ajuda, o BTC deixou de ser uma moeda de nerds e criminosos para virar um dos ativos mais valiosos do mundo.

Em janeiro do ano passado, van der Laan afirmou que planejava começar a eliminar gradualmente seu envolvimento. No dia 8 de agosto, o desenvolvedor confirmou seu afastamento pelo Twitter. “Está chegando a hora de mudar para outras coisas”, disse.

Curiosamente, a frase é similar àquela dita por Nakamoto ao deixar o Bitcoin Core há quase 12 anos. Na ocasião, Satoshi também afirmou que era “hora de me dedicar a outros projetos”.

No entanto, van der Laan citou motivos bastantes diversos para a sua saída. A princípio, o desenvolvedor disse que temia um “gargalo centralizado para o desenvolvimento do Bitcoin”. Em seguida, porém, citou o esgotamento como outro motivo importante para renunciar.

Nesse sentido, van der Laan classificou como “estressante” o trabalho em um software de código aberto. O desenvolvedor declarou que no futuro hesitaria em se envolver em outro “projeto de pesquisa ou código aberto idealista ingrato”.

Trabalho árduo e pouco remunerado?

De maneira geral, os desenvolvedores do BTC são essencialmente trabalhadores voluntários. Alguns recebem doações de entusiastas ou apoiadores do projeto, enquanto outros ganham bolsas fornecidas por empresas.

Mesmo com essas doações, o Bitcoin Core em si não remunera os desenvolvedores. Como resultado, a maioria deles é mal paga em relação a desenvolvedores com habilidades semelhantes que trabalham em outros setores.

Van der Laan apontou que as críticas por erros de anos foram uma das razões pelas quais ele se cansou de sua profissão. Lle negou categoricamente os rumores de que se envolveu em outros projetos de criptomoedas.

“Um Bitcoin mais descentralizado”

Ao contrário de Andresen, Van der Laan não nomeou nenhum sucessor direto para o seu cargo. De acordo com o desenvolvedor, seu desejo é que a sua saída ajude o Bitcoin a se tornar mais descentralizado.

Por isso, van der Laan planeja delegar a maior parte das suas funções para outras mãos, descentralizando totalmente o processo. Ele manifestou o desejo de que o Bitcoin Core descentralize a chave de acesso de confirmação do GitHub de Satoshi, a qual está nas suas mãos atualmente, a tal ponto que o Bitcoin não precise mais de um mantenedor oficial.

Van der Laan indicou a disposição de assumir um papel secundário que leva à aposentadoria, respondendo apenas em caso de emergência.

Comentaristas como Eric Wall culparam os maximalistas do BTC por tirar van der Laan de seu trabalho. Nesse sentido, os maximalistas exerceriam uma enorme pressão, o que, segundo estes comentaristas, tirou a “diversão” em manter o código da criptomoeda.

Muitos membros da comunidade de ativos digitais há muito chamam os maximalistas do Bitcoin de tóxicos. Contudo, van der Laan respondeu à alegação de Wall, dizendo que não está se aposentando por nenhum desses motivos.

No ano passado, van der Laan esboçou um possível plano para o que pode acontecer após sua partida. Seu plano incluía a possibilidade de descentralizar as tarefas de desenvolvimento, deixando de depender do GitHub para hospedar o código e encontrar outra pessoa para enviar e-mails de candidatos a lançamento para as listas de e-mail oficiais para desenvolvedores de Bitcoin.

A comunidade Bitcoin agradeceu repetidamente a van der Laan por seus oito anos de serviço como mantenedor principal do software.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store