Coin News

Day traders que lucraram com o fenômeno GameStop 'perderam tudo' depois de reajuste de juros do Fed, segundo o Morgan Stanley

5 d ago3 min readOther
Day traders que lucraram com o fenômeno GameStop 'perderam tudo' depois de reajuste de juros do Fed, segundo o Morgan Stanley

Diante de um mundo que respira os efeitos de uma pandemia, o temor e as consequências de uma grande guerra, cautela e insegurança parecem ser as palavras de ordem dos investidores do mercado de ações e, inclusive, no de criptomoedas. Mas, os novos tempos do mercado financeiro também podem ser traduzidos como uma espécie de choque de realidade para uma parcela de negociantes, relativamente novos no mundo dos investimentos. Porque, até então, eles só foram apresentados à euforia do mercado de alta, embalado pelos aportes bilionários do Federal Reserve System (Fed), o banco central dos Estados Unidos, a partir de 2020, quando os novados do mercado se entregaram às ações-memes, inflacionadas por grupos na rede de mensagens Reddit. Pelo menos, esta é a avaliação do Morgan Stanley ao revelar que todo o ganho obtido com as ações-memes chegou a zero pelas consequências dos atuais arrochos monetários do Fed para segurar a inflação.

Gráfico de perda/lucro indicava a partir de janeiro/2020. Fonte: Morgan Stanley

Segundo o estudo do Morgan Stanley, entre maio de 2020 e maio de 2021 os traders de varejo superaram o índice Standard and Poor’s 500 (S&P 500), que reúne as 500 maiores empresas do mundo listadas e domiciliadas nas principais Bolsas de Valores dos Estados Unidos, a NYSE e a Nasdaq. O destaque foi para as empresas de tecnologia, que atraíram um exército de investidores para as ações-meme. No ano passado, as ações da Apple, AMD, Nio, Testa e da rede de cinema AMC entravam entre as mais populares.

À Bloomberg, o CEO da Tuttle Capital Management LLC, Matthew Tuttle, explicou que:

Muitos desses caras começaram a negociar na época da COVID, então sua única experiência de investimento foi o mercado maluco e alimentado pelo Fed. Tudo isso mudou com o pivô do Fed em novembro, mas eles não perceberam isso porque nunca viram um mercado que não fosse apoiado pelo Fed… os resultados foram horríveis.

Em relação à escalada de alta iniciada em 2020, o “dinheiro fácil” começou a desmoronar com a agressividade do Fed relacionada ao aumento das taxas de juros e e redução de compras de títulos do Tesouro.

Nesta segunda (9), por exemplo, quase todas as ações do S&P 500 abriram no vermelho. O que também reflete a alta vertiginosa e insustentável de algumas ações durante a pandemia, arrebatadas por traders do varejo, que compraram US$ 14 bilhões em abril, segundo aumento mais lento desde o final de 2020 segundo o Morgan Stanley. Os dados ainda indicam que os investidores amadores estão comprando a queda ao optarem por contratos com vendas pessimistas em detrimento de ações de liquidez otimista.

Mapeamento de 24 horas de 9/5/2022 do S&P 500. Fonte: finviz

No comparativo com a alta de junho de 2021, o Nio caiu cerca de 74%, o AMD encolheu 45% em relação a novembro ano passado, enquanto as ações da Tesla acumularam perdas de 34% em relação ao mesmo período. Já o índice Nasdaq 100, composto pelas 100 maiores empresas de tecnologia listadas na Nasdaq, caiu mais de 25% desde o pico de dezembro.

Estopim para o arrocho do Fed, a inflação atual também se encontra associada ao crescimento de desemprego e ao declínio do setor produtivo. O que é conhecido por estagflação, que, para muitos analistas, pode representar o fim da correlação com mercado de ações e a retomada de alta do Bitcoin (BTC), conforme noticiou o Cointelegraph Brasil.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store