Coin News

Da engenharia em blockchain à contabilidade: BTG, Nubank e Cloudwalk oferecem empregos em várias áreas

2 h ago3 min readBlockchain
Da engenharia em blockchain à contabilidade: BTG, Nubank e Cloudwalk oferecem empregos em várias áreas

Dados divulgados esta semana por um relatório da agregadora de dados de criptomoedas CoinGecho revelaram que São Paulo está entre as dez cidades do mundo que mais demitiram profissionais ligados ao ecossistema cripto entre janeiro e o início de novembro deste ano. Apesar dos impactos negativos do inverno cripto na empregabilidade, o setor também favorece a abertura de novos postos de trabalho no Brasil, em especial nas fintechs e outras instituições financeiras, que contemplam diversas outras áreas, em modalidade presencial e remota.

BTG Pactual

O banco de investimentos BTG Pactual buscava preencher uma vaga para analista de negócios Cripto na Mynt, que é a exchange de criptomoedas lançada pela instituição financeira em julho deste ano. A vaga fazia parte de um total de cerca de 100 posições anunciadas na página de empregos do BTG Pactual, distribuídas por São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e outras capitais, além de algumas oportunidades para trabalho remoto. Entre outros profissionais, o BTG recrutava: designer; analista de relacionamento operacional; analista comercial bancário; especialista em análise digital; trader analista de conteúdo (mídia social); redator assistente (SEO); designer gráfico; analista de política de crédito; estagiário (a) em logística (BTG Commodities); especialista em consultoria de taxas; especialista em análise de dados.

Nubank

O banco digital bucava uma pessoa engenheira de segurança blockchain para atuar em São Paulo, entre as 31 posições para atuação no Brasil, que também comportavam vagas inclusivas para pessoas da comunidade negra e pessoas com deficiência (PCD). Entre as oportunidades disponíveis na página de empregos da fintech. Entre outros profissionais, o Nubank recrutava: especialista de dados; especialista em testes de conformidade; analista de sistemas de TI sênior; gerente de produto; analista de prevenção à lavagem de dinheiro; analista de risco de mercado (pessoa corretora); gerente de tecnologia; pessoa engenheira de sistemas (DevOps).

Cloudwalk

A fintech brasileira especializada em soluções de pagamentos buscava uma pessoa contadora para atuar em setor financeiro em São Paulo, entre as quase 30 vagas que constavam na página de empregos da empresa, em sua maioria para atuação na capital paulista. Entre outros profissionais, a Cloudwalk recrutava: engenheiro (a) de desenvolvimento de softwares em teste, analista de liquidação; controlador (a); analista de tesouraria; analista de compliance (esquemas de pagamento); líder técnico (contabilidade); designer de movimento 3D; cientista de dados (prevenção de fraudes); analista de inteligência AML/FT.

Na última semana, a tecnologia e as finanças digitais favoreciam a abertura de quase 10 mil empregos na plataforma RH Abler, Will Bank e Neon, conforme noticiou o Cointelegraph Brasil.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store