Coin News

CVM quer conversar com Lula sobre criptomoedas

4 d ago3 min readOther
CVM quer conversar com Lula sobre criptomoedas

O atual presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), João Pedro Nascimento, confirmou que deve conversar com Luiz Inácio Lula da Silva sobre o tema das criptomoedas em breve.

O tema é apenas um dos assuntos que eles devem tratar sobre o mercado de capitais brasileiro, que passa por anos de renovação digital, além de um grande crescimento na base de investidores de produtos financeiros.

Nesta terça-feira (1), João Pedro lançou o resumo do que foram os primeiros 100 dias de sua gestão a frente da autarquia, mostrando detalhes do seu trabalho, inclusive no mercado cripto.

Presidente da CVM diz que deve tratar sobre as criptomoedas com Lula e gestão econômica

Diferente de seu primeiro mandato, quando ainda não existia o Bitcoin, agora Lula terá de lidar com o assunto ao assumir o comando do Brasil no início de 2023, um dos países com a sétima maior base de investidores em criptomoedas no mundo.

E um dos responsáveis por conversar com o futuro governo sobre o assunto deve ser o presidente da CVM, que destacou em uma entrevista ao Valor Econômico, divulgada hoje, que deve chamar Lula para conversar sobre criptomoedas.

Recentemente, a autarquia lançou o Parecer de Orientação n.º 40, quando informou ao mercado de criptomoedas brasileiro sobre novas regras a serem seguidas para melhor andamento do setor.

Tais recomendações, que não são obrigatórias, podem nortear futuras discussões e podem ainda prevenir o surgimento de golpes. Investidores podem ler o manual para evitar serem vítimas de fraudes financeiras, uma dura realidade que infelizmente cresceu no Brasil nos últimos anos.

Além das criptomoedas, João Pedro Nascimento espera alinhar com o novo governo a gestão do mercado de capitais, visto que seu mandato como presidente da CVM termina apenas em 14 de julho de 2027, devendo permanecer a frente do cargo por todo o período em que Lula estiver em seu mandato como Presidente da República.

Sobre regulação das criptomoedas, Lula já deixou claro que confia no Banco Central do Brasil para assumir o papel.

Primeiros 100 dias da gestão do presidente da CVM

Nesta terça-feira, o atual presidente da CVM publicou sua agenda dos 100 dias de sua gestão, onde mostrou o que foi o seu trabalho até aqui.

“A CVM completará 50 anos em 2026 e temos o objetivo de demonstrar ainda mais engajamento e compromisso com o mercado de capitais e a sociedade brasileira. Por meio dessas ações projetadas no que chamamos de Agenda de 100 Dias, com diálogo franco e transparente, tivemos, já no curto prazo, conquistas relevantes. Além disso, iniciamos projetos que, em médio e longo prazos, tendem a tornar o regulador mais forte, moderno, dinâmico e sustentável, características essenciais para que o segmento possa se desenvolver cada vez mais, com integridade e abertura. Um regulador forte promove desenvolvimento no mercado. Esse é o nosso foco.”

Para o futuro, ele espera que um concurso público reforce a CVM, que hoje conta com poucos profissionais para realizar seu trabalho.

“…Há tratativas com o Ministério da Economia para a realização de um concurso público em 2023… Teremos que criar uma superintendência para lidar com criptoativos”, disse ao Valor Econômico.

Com o chamado Open Capital Markets, ele espera tornar o mercado de capitais brasileiro mais democrático, dinâmico e tecnológico.

O Presidente da CVM, João Pedro Nascimento, convida a todos para conhecerem resultados da chamada Agenda de 100 Dias da CVM. Quer entender mais do que estamos falando? Dá o play e #vamosjuntos! Veja mais no site: #cvm #video #agenda #100dias — CVM (@cvmgovbr) November 1, 2022

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store