Coin News

Criptomoedas são mais populares que fundos mútuos entre os millennials, mostra pesquisa

28 Jun, 20222 min readOther
Criptomoedas são mais populares que fundos mútuos entre os millennials, mostra pesquisa

A empresa de investimentos Alto recentemente entrevistou adultos sediados nos Estados Unidos para descobrir suas preferências de investimento. Os resultados mostram que mais millennials de 25 a 40 anos estão investindo em criptomoedas do que em fundos mútuos.

O relatório, apelidado de “Como os millennials veem seu futuro financeiro”, revela que quase 40% dos millennials entrevistados investiram em criptomoedas. De acordo com o relatório, isso é “maior que a porcentagem de millennials que possuem fundos mútuos”. Além disso, o percentual é quase igual ao dos millennials que possuem ações.

O relatório também observa que a maioria dos millennials já possui criptomoedas ou está pensando em comprar. No entanto, o fundador e CEO da Alto, Eric Satz, disse que as condições atuais tornam difícil para eles considerarem investir. Ele explicou:

“Em um mundo de consumo conspícuo, custos de vida crescentes e dívidas crescentes com empréstimos estudantis, os millennials acham difícil investir no futuro porque estão lutando para pagar o presente.”

Enquanto isso, os participantes da pesquisa que atualmente possuem criptomoedas mencionaram que provavelmente adicionarão criptomoedas ao seu portfólio de aposentadoria. O relatório destaca que 70% dos millennials que possuem criptomoedas e têm uma conta de aposentadoria individual mantêm seus ativos digitais em sua IRA (conta de aposentadoria individual, em inglês).

No início de junho, outra pesquisa mostrou que indivíduos de alto patrimônio líquido também estão adotando as criptomoedas. De acordo com o “World Wealth Report”, 71% dos participantes ricos investiram em ativos digitais, como criptomoedas, tokens não-fungíveis (NFTs) e fundos negociados em bolsa.

No mesmo mês, um relatório da empresa de pesquisa Blockware Intelligence mostrou que a adoção do Bitcoin (BTC) pode superar a taxa de adoção de outras disrupções tecnológicas, como smartphones, internet e mídias sociais.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store