Coin News

Criptomoedas perdem fôlego e Dogecoin cai 11% com tensão em dia de decisão sobre juros nos EUA

16 min ago3 min readAltcoins
Criptomoedas perdem fôlego e Dogecoin cai 11% com tensão em dia de decisão sobre juros nos EUA

Após rali na terça-feira (2) puxado pela criptomoeda meme Dogecoin (DOGE), os ativos digitais amanhecem em baixa nesta quarta-feira (2), com investidores à espera de mais um reajuste na taxa de juros dos Estados Unidos.

A tensão pela espera de nova fala do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Jerome Powell, faz as criptomoedas perderem o fôlego visto nos últimos dias e operarem em queda nesta manhã. O Bitcoin (BTC) cai 1,1% nas últimas 24 horas, para US$ 20.406, e o Ethereum (ETH) recua 3,7% no mesmo período, a US$ 1.548.

Entre as criptos com maior valor de mercado, o pior desempenho é da justamente da Dogecoin, que cede 11,5% hoje em meio a uma forte realização de lucros.

O consenso do mercado é que o Fed decida por um novo aumento de 75 pontos percentuais, fazendo com que operadores fiquem mais atentos a pistas sobre o ajuste de dezembro. Até aqui, a expectativa é de que o Fed decida por reduzir o ritmo de alta para um incremento de 50 pontos-base na última reunião do ano do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês).

A expectativa de queda do ritmo de aumento dos juros, no entanto, esfriou após divulgação de novo dado do mercado laboral americano, que mostrou aumento inesperado nas vagas de emprego.

Assista: Vale a pena comprar fan tokens? Para que eles servem?

Edward Moya, analista de mercado sênior da formadora de mercado de câmbio Oanda, avalia que “o impulso [das criptos] estava se construindo sobre as expectativas de que o Fed reduzisse o ritmo de aperto em dezembro, mas agora essa call parece que pode ter sido prematura”.

“Os juros podem precisar ficar mais altos por mais tempo se o mercado de trabalho ainda estiver saudável e a inflação acabar sendo mais rígida do que os mercados pensavam inicialmente”, afirma o especializa, acrescentando: “Parece que Wall Street pode ter que esperar até o Ano Novo para que o Fed reduza a marcha, o que significa que o Bitcoin pode estar vulnerável e terminar a semana em baixa”.

Mesmo com um cenário de incerteza se formando, o analista de criptomoedas e gestor de fundos privados de cripto Tasso Lago acredita que o setor passa por “um momento de fundo” que merece atenção do investidor que visa o longo prazo – e, por isso, deve aproveitar a chance para continuar aportando em um ticket médio baixo.

“Graficamente [as criptomoedas] ainda não têm sinal de reversão, mas os fundamentos via blockchain estão muito fortes”, diz. “A gente vê investidores acumulando para o longo prazo. Isso vai gerando crise de escassez, que é uma das premissas do próprio Bitcoin”.

Cadastre-se e descubra como surfar a Terceira Onda das Criptomoedas e entenda por que você deveria olhar agora para esse tipo de investimento

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store