Coin News

Criptomoedas inspiram hamburgueria temática em Porto Alegre: 'Queremos trazer um retorno para a sociedade'

13 Jul, 20223 min readOther
Criptomoedas inspiram hamburgueria temática em Porto Alegre: 'Queremos trazer um retorno para a sociedade'

Quem anda pelo bairro boêmio Cidade Baixa, em Porto Alegre (RS), entre as diversas opções da gastronomia local, pode comer um Bitcoin em caso de muita fome ou ainda um Ethereum, para os apetites mais moderados. Isso porque os nomes das duas principais criptomoedas do mercado estão no cardápio da primeira hamburgueria temática de criptomoedas do Brasil, a Mr. Dem Cripto, inaugurada em junho deste ano.

A rede blockchain Ziliqa (ZIL) também inspirou um sanduíche especial para as crianças, o Zilikinho Kids, já a rede Cardano cedeu o nome de seu token nativo para o sanduíche vegetariano do Mr. Dem, o ADA. Outro sanduíche disputado no estabelecimento, que inclui o Bitcoin (BTC), Ether (ETH) e a stablecoin Tether (USDT) como forma de pagamento, é o Chiliz (CHZ), token nativo da rede blockchain que apoia os fan tokens esportivos da Socios.com.

“O objetivo que nós temos aqui com a Mr. Dem, não somente trazer uma experiência única para o cliente de gastronomia e lazer, porque nossos hambúrgueres são diferentes e o espaço é acolhedor e respeitoso, familiar, inclusive com minorias, é de transformação social através deste empreendimento, porque eu vejo que vai haver uma grande recessão agora, nós estamos perigando. Então, como forma de ajudar as pessoas, como eu fui ajudado através do mercado cripto, nós queremos trazer um retorno para a sociedade com esse empreendimento, com objetivo de ativar o empreededorismo nas pessoas, principalmente o empreendedorismo local e também traduzir esse mercado cripto, aguçar a curiosidade das pessoas e traduzir essa informação do mercado cripto para o público leigo, democratizando o acesso à comunidade”, explicou o sócio do restaurante, Max Rogowsk.

A ajuda recebida do mercado cripto mencionada pelo empresário aconteceu em meados de 2020, quando o técnico em segurança do trabalho se viu às voltas com o desemprego. Ocasião em que Rogowski, casado e pai de uma filha adolescente, conseguiu sustento ao entrar para uma escolinha do jogo play-to-earn (jogue para ganhar) Axie Infinity (AXS). O que, segundo ele, não durou muito, pois os ganhos com o jogo acabaram entrando em declive.

Foi nesta época que Max disse ter conhecido o gestor financeiro e trader Denilson Maurer, da holding XDEM, a qual a hamburgueria está vinculada. Isso porque o estabelecimento já existia em Marau, cidade do interior do Rio Grande do Sul, onde a XDEM possui um hub de negócios, embora não fosse uma hamburgueria temática e sim um estabelecimento tradicional que adotava os nomes das criptomoedas em seus sanduíches.

Max, que a estas alturas já trabalhava com Denilson, propôs dar um novo norte para o restaurante. “Fiquei encantado com a possibilidade de transformar a Mr. Dem em uma hamburgueria temática, em uma franquia”, revelou.

A hamburgueria também funciona como uma espécie de catalizador para outras operações da empresa, entre elas uma exchange de criptomoedas, a XDEM. Tanto que um dos tokens negociados pela plataforma, o XFN, também pode ser usado nas compras efetuadas na hamburgueria, cuja atuação serve ainda como um braço de eventos semanais relacionados ao mercado cripto, realizados no estabelecimento.

Em direção contrária à Mr. Dem, a hamburgueria Bored & Hungry, de Los Angeles, inspirada na badalada coleção de tokens não fungíveis (NFT) Bored Ape Yacht Club (BAYC) não aceita mais criptomoedas como forma de pagamento, conforme noticiou o Cointelegraph.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store