Coin News

3 criptomoedas explodem até 83% com rival da Ethereum sendo adotada pelo Instagram e o Bitcoin voltando aos US$ 23 mil

42 min ago4 min readBitcoin
3 criptomoedas explodem até 83% com rival da Ethereum sendo adotada pelo Instagram e o Bitcoin voltando aos US$ 23 mil

Um alta de aproximadamente 2% elevou a capitalização do mercado de criptomoedas para um volume total de quase US$ 1,09 trilhão na manhã desta sexta-feira (5), pelo que apresentava o mapeamento do CoinMarketCap. Ao mesmo tempo, o monitoramento voltava a indicar recuo na dominância de mercado pelo Bitcoin (BTC), já que o percentual era de 40,7%, enquanto a participação da Ethereum (ETH) se mantinha pouco mais estável, com 18,6% de dominância, embora tenha recuado 0,1% nas últimas 24 horas.

Trocado de mãos em torno de US$ 23,2 mil com alta diária de 1,5%, o BTC conseguia recuperar o suporte de US$ 23 mil enquanto o ETH era precificado a US$ 1,667 com alta diária de 2,78%. O tímido avanço dos dois principais criptoativos do mercado em capitalização de mercado, apesar do ingresso de capital, pode ser compreendido pela maior procura por outras altcoins, por parte dos investidores, ainda que muita operassem com ganhos sucintos, ou perdas.

No caso das dez maiores altcoins, com exceção do Ether e da stablecoins, as altas eram discretas, com destaque para a Binance Coin (BNB), que acumulava alta diária de 6,91% e era precificada a US$ 318. No acumulado semanal, o token do ecossistema da exchange de criptomoedas Binance registrava alta de 10,30%, além de um crescimento mensal de 34,75%. Neste período, a altas acumulada que mais se aproximava era a da rede Polkadot (DOT), trocada de mãos por US$ 8,42 com crescimento mensal de quase 22%. Nas últimas 24 horas, o preço do DOT se expandiu 4,4% e 4,18% no acumulado semanal.

O destaque ficou por conta do Flow (FLOW), que era precificado a US$ 2,89 com alta diária de 58,59%. O que pode ser interpretado como um movimento de reversão em favor de sua retomada de preço, após o anúncio da última quinta-feira (4) de que a rede blockchain oferecerá suporte aos tokens não fungíveis (NFTs) do instagram. Isso porque, no acumulado semanal, o mapeamento indicava uma alta de 53%, embora o crescimento mensal apresentado pelo gráfico fosse de pouco mais de 83%. O projeto era posicionado na 27ª colocação do ranking com uma capitalização do mercado se aproximando de US$ 3 bilhões e imprimindo alta de 55,18%. Por outro lado, o monitoramento indicava um salto de 2.459% em volume diário de negociações do FLOW, cujo montante girava em torno de US$ 1,3 bilhão.

Gráfico diário do par FLOW/USD. Fonte: CoinMarketCap

O Adshares (ADS), considerado a primeira rede blockchain à publicidade descentralizada na web3 com espaço de monetização de anúncios no metaverso por meio da locação de espaço publicitário com a proposta de servir como organização autônoma descentralizada (DAO) para que editores e anunciantes negociem diretamente entre si, era trocado de mãos por US$ 3,29 com alta de 2,25% em 24 horas. Alta que, embora tímida, encontra sustentabilidade ao longo dos últimos sete dias, período em que o ADS apresentou um crescimento de 20,30%, e no acumulado mensal, que registrou alta de 80,12%. O Adshares estava posicionado na 271ª colocação no ranking com capitalização de mercado de aproximadamente US$ 97,8 milhões e ganho diário de 2,60%, mas apresentava recuo de 16,16% em volume de negociações, cujo montante era de pouco mais de US$ 1,3 milhão.

Gráfico diário do par ADS/USD. Fonte: CoinMarketCap

O Celer Network (CELR), uma solução de escalonamento de camada dois, era trocado de mãos em torno de US$ 0,023 apresentando ganho diário de 9,81%. A rede cross-chain também demonstrava manutenção de alta nos últimos dias, tanto que a valorização semanal era de 14,60% e de 48,87% no acumulado mensal. O CELR aparecia na 156ª posição no ranking com sua capitalização de mercado ultrapassando US$ 162,6 milhões e imprimindo alta de 9,77%, apesar de o volume diário de transações registrar um recuo de 30,16% com pouco mais de US$ 28 milhões.

Gráfico diário do par CELR/USD. Fonte: CoinMarketCap

Quinta-feira, outra rival da Ethereum e duas altcoins pouco badaladas roubaram a cena e disparavam até 362% em meio ao drama do Bitcoin, conforme noticiou o Cointelegraph Brasil.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store