Coin News

Criptomoeda valoriza após fundação perder US$ 35 milhões

12 Sep, 20223 min readOther
Criptomoeda valoriza após fundação perder US$ 35 milhões

A criptomoeda Algorand valoriza após sua fundação anunciar que perdeu R$ 35 milhões com o colapso de uma corretora no último mês de agosto e mostrar que a crise do mercado tem afetado de várias formas os projetos.

O pior momento das criptomoedas em 2022 certamente foi com o colapso da Terra (LUNA), que mesmo operando em alta de 200% nos últimos sete dias, viu todo seu ecossistema morrer em maio.

Com essa queda da criptomoeda LUNA, projetos que tinham muita exposição a essa não conseguiram segurar a crise, o que causou um efeito dominó no mercado. Várias criptomoedas e empresas faliram com esse episódio.

Uma das afetadas é a corretora Hodlnaut, que desde o início de agosto congela as criptomoedas de clientes e mostra que a crise segue causando colapsos.

Criptomoeda Algorand valoriza, após sua fundação confessar que perdeu milhões em corretora

Nas últimas 24 horas, a criptomoeda Algorand (ALGO) 2% nas últimas 24 horas, sendo uma alta de 12% nos últimos 14 dias, mostrando que essa moeda passa por um momento positivo de mercado.

Contudo, a Fundação Algorand não emitiu novidades muito promissoras para sua comunidade nos últimos dias, ao anunciar que perdeu R$ 35 milhões com o colapso da corretora de criptomoedas Hodlnaut, que faliu no último mês de agosto.

Em comunicado a comunidade, o anúncio informa que a Hodlnaut é uma empresa de criptomoedas com sede em Singapura, que abriu seu processo de falência nos últimos dias.

“Hoje estamos informando à comunidade que a Algorand Foundation tem uma exposição de US$ 35 milhões em USDC ao Hodlnaut, um credor de criptomoedas com sede em Singapura que foi colocado sob Gestão Judicial Interina após suspender saques de sua plataforma em 8 de agosto de 2022.”

Apesar da perda, a fundação tentou acalmar os usuários dessa blockchain afirmando que esses fundos representam menos de 3% do patrimônio, e não deverá impactar o futuro dos desenvolvimentos da rede.

Essa rede concorre com a Ethereum como uma blockchain a abrigar projetos DeFi e WEB3, utilizando o consenso PoS e afirmando que é livre de emissão de carbono.

“Vamos continuar investindo em plataformas para obter rendimentos”

A Fundação Algorand afirmou que de tempos em tempos busca locais para obter rendimentos que ajudam a manter o funcionamento de seus projetos.

Dessa forma, ele afirmou que seguirá com essa conduta, mesmo com a perda recente, que com a alta da moeda, não parece ter abalado a confiança do mercado em seu futuro.

“A Fundação está buscando todos os recursos legais para maximizar a recuperação de ativos e continuará a fazê-lo.”

Com a nota emitida após um mês do congelamento de saques da Hodlnaut, a Fundação Algorand é a primeira organização que cuida de uma blockchain a ser afetada pela suspensão de saques em uma plataforma.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store