Coin News

Criptomoeda DeFi volta a explodir e sobe 47% em meio à dor do Bitcoin com possível ‘marretada do Fed’

21 Sep, 20223 min readDeFi
Criptomoeda DeFi volta a explodir e sobe 47% em meio à dor do Bitcoin com possível ‘marretada do Fed’

Aguardado para a tarde desta quarta-feira (21) pela publicação da ata da reunião do Federal Committee (Fomc) do Federal Reserve (Fed), o comitê de política monetária do banco central dos EUA, o possível acirramento na taxa de juros da maior economia do planeta continuou refletindo no mercado de criptomoedas, que movimentava pouco menos de US$ 920 bilhões e recuava 1,4%.

A retração fez com que o Bitcoin (BTC) voltasse a lutar pelo suporte de US$ 19 mil, uma vez que a criptomoeda orbitava próximo deste valor após recuar 1,35% nas últimas 24 horas, além de encolher 0,2% em sua dominância de mercado, que chegava aos 39,4% nesta ‘super quarta’, termo alusivo ao anúncio da taxa de juros de outra grande economia mundial, a do Brasil, prevista para acontecer no final da tarde, após a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC; Bacen), no caso a taxa Selic.

Entre as principais altcoins por capitalização de mercado, o XRP se destacava ao imprimir alta de 6,7% e ser negociado pouco acima de US$ 0,40, embora outros tokens apresentasse avanços, ainda que menores, como o ADA, precificado em torno de US$ 0,45 (+0,95%), o DOGE, trocado de mãos pouco abaixo de US$ 0,059 (+0,7%) e o DOT, trocado por US$ 6,30 (+0,10%).

Em linhas gerais, as dez principais altcoins por capitalização de mercado, com exceção das stablecoins, recuavam em percentuais que variavam entre -1% e -3%, aproximadamente.

As altas de dois dígitos ocorriam em menor grau e também eram menos expressivas, pelo que era possível observar no monitoramento. O BTRST estava cotado em US$ 2,39 (+12%), o REEF podia ser comprado por volta de US$ 0,0050 (+10,4%), o MOB era trocado por US$ 1,07 (+17), o GRS valia pouco mais de US$ 0,37 (+15,7%), o PIVX era trocado de mãos pouco acima de US$ 0,43 (+13%), o SOFI equivalia a pouco mais de US$ 0,19 (+12%).

Trocado de mãos em torno de US$ 0,31 e com alta de 47%, o pouco conhecido OAX, token da Fundação Oax, que se apresenta como uma plataforma de finanças descentralizadas (DeFi) direcionada a pagamentos, voltava a apresentar um impulso semelhante ao que aconteceu no início de agosto, quando a altcoin listada nas exchanges de criptomoedas Binance, Gate.io e CoinDCX subiu 33,15% ao chegar em US$ 0,077 e se juntar a outros tokens pouco badalados, que roubaram a cena e acumularam ganhos de até 362%.

Gráfico diário do par OAX/USD. Fonte: CoinMarketCap

A ascensão do OAX sugere certa atração dos investidores em direção a alguns protocolos DeFi nos últimos dias, tanto que um token DeFi subiu 75% em duas horas na última segunda (20) enquanto outro entrou no radar de um analista, que viu sinais de alta da altcoin para os próximos dias, conforme noticiou o Cointelegraph Brasil.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store