Coin News

Cripto criada por ex-funcionários da Meta despenca 46% em dia de estreia

19 Oct, 20222 min readOther
Cripto criada por ex-funcionários da Meta despenca 46% em dia de estreia

Uma nova criptomoeda criada por ex-funcionários da Meta (dona do Facebook) despencou nesta quarta-feira (19), no primeiro dia de negociações em sua estreia nas grandes exchanges de criptomoedas.

Impactado pelo contexto de “inverno cripto”, o tão esperado token Aptos (APT) afundava 41,3% por volta das 7h de hoje, a US$ 8,06, de acordo com dados da CoinGecko. Nas primeiras horas de negociação, a cripto caiu ainda mais: 46%, para US$ 7,37.

As exchanges Coinbase, Huobi, OKX, FTX e Binance abriram as negociações de APT às 4h.

O início de listagem da cripto acontece em meio às tentativas da Aptos de controlar uma descrença de investidores em torno de seu lançamento. O fundador Mo Shaikh passou parte da terça-feira (18) defendendo alegações de entusiastas do universo cripto sobre a velocidade de processamento da rede.

Informações obtidas do explorador de blocos (conjunto de dados) da Aptos mostraram que o protocolo estava processando apenas quatro transações por segundo (TPS). Durante o processo de desenvolvimento, o time da Aptos alegou que a rede seria capaz de processar 160.000 transações por segundo, muito acima das 65.000 por segundo da Solana, conhecida por sua alta velocidade.

Além disso, a grande maioria dessas transações não eram de usuários reais, mas mensagens de manutenção de validadores que escrevem metadados na blockchain.

A crise em torno do lançamento da Aptos gerou ainda mais dúvidas sobre a sustentabilidade de um projeto tão novo. A dificuldade foi ampliada nas primeiras horas de negociação quando membros da comunidade não conseguiram resgatar seus airdrops do token.

Um airdrop é uma distribuição – normalmente gratuita – de tokens ou criptomoedas para usuários. A ação é uma estratégia de marketing adotada por novas empresas e projetos do setor de blockchain.

O sentimento negativo foi tão grande que um moderador da Aptos silenciou o canal oficial do projeto no Telegram pela segunda vez esta semana.

Os tokens do aplicativo de empréstimo Apricot Finance, que inicialmente tinham o mesmo código APT que a Aptos, também recuaram devido à confusão de nomes. O token caía 39,2% nas últimas 24 horas em meio a ao aumento do volume de negociação. A CoinGecko agora lista o token da Apricot como APRT.

Cadastre-se e descubra como surfar a Terceira Onda das Criptomoedas e entenda por que você deveria olhar agora para esse tipo de investimento

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store