Coin News

Cotação do Bitcoin hoje 18/10/2022: Bitcoin vive mais um dia de marasmo com preço preso em US$ 19 mil

18 Oct, 20225 min readBitcoin
Cotação do Bitcoin hoje 18/10/2022: Bitcoin vive mais um dia de marasmo com preço preso em US$ 19 mil

A principal criptomoeda do mercado, o Bitcoin, está cotado na manhã desta terça-feira, 18/10/202, em R$ 103.158,84. A manhã começa propensa ao marasmo com o BTC ainda negociando na faixa de US$ 19 mil pelo 6 dia consecutivo.

Segundo Andre Franco, Head da área de Research do Mercado Bitcoin o próximo sinal mais importante virá no começo do próximo mês, com a decisão dos juros americano.

"Nos dados on-chain o ciclo de acúmulo foi quebrado com uma redução de 7 mil bitcoins dos investidores de longo prazo (LTH), mas nada ainda que preocupe. Isso porque tivemos vários dias seguidos de acúmulo e a tendência permanece a mesma", afirma.

André Silvestrini, gerente de desenvolvimento de negócios da Phemex no Brasil, destaca que a S&P 500 teve um crescimento forte, o que ajudou o bitcoin a ter uma subida e conseguir segurar bem entre 19 e 20 mil dólares.

"Estamos esperando a próxima reunião do FED, dia 2 de novembro, pra gente entender como vai se mostrar o cenário e o preço dos ativos. Há uma grande expectativa na diminuição da taxa de juros, na inflação, precisamos entender o que vai acontecer no futuro próximo. No momento, o bitcoin teve uma boa subida no fim de semana e tudo vai depender do cenário macro e em todos esses fatores ligados às informações liberadas pelo Estados Unidos.", disse.

Portanto, o preço do Bitcoin em 18 de outubro de 2022 é de R$ 103.158,84.

Bear market

Como aponta o analista Filip L, o Bitcoin parece estar quase totalmente sincronizado com os mercados financeiros em geral nesta semana. Assim como o par, EUR/USD, o Dow Jones e outros ativos estão se aproximando de níveis-chave ou obstáculos-chave para o lado positivo.

"Surge a questão existencial se esse rali é o que finalmente encerrará a tendência de baixa geral para 2022. Embora muitos investidores permanecem céticos, a reviravolta não deve ser totalmente ignorada, pois a ampla entrada de caixa em todos os ativos parece muito apoiada e, portanto, pode ser de alguma importância nas próximas semanas ou mesmo meses", disse.

Ele aponta que a ação do preço do BTC deve eliminar a média móvel simples de 55 dias em US$ 19.750 para continuar subindo, pois está atuando como a principal alça de baixa para outubro.

"Uma vez que esse obstáculo é resolvido, o próximo aguarda no nível da linha de tendência descendente vermelha em US$ 19.900. Um desvanecimento parece inevitável, mas se os touros puderem mantê-lo juntos e continuar pressionando a ação do preço para cima, US$ 20.000 podem estar nos cartões, com US$ 20.125 como a próxima meta de preço, no nível do pivô mensal", finaliza.

O que é Bitcoin?

O Bitcoin (BTC) é uma moeda digital, que é usada e distribuída eletronicamente. O Bitcoin é uma rede descentralizada peer-to-peer. Nenhuma pessoa ou instituição o controla.

O Bitcoin não pode ser impresso e a sua quantidade é muito limitada – somente 21 milhões de Bitcoins podem ser criados. O Bitcoin foi apresentado pela primeira vez como um software de código aberto por um programador ou um grupo de programadores anônimo sob o codinome Satoshi Nakamoto, em 2009.

Houve muitos rumores sobre a identidade real do criador do BTC, entretanto, todas as pessoas mencionadas nesses rumores negaram publicamente ser Nakamoto.

O próprio Nakamoto afirmou ser um homem de 37 anos que vive no Japão. No entanto, por causa de seu inglês perfeito e seu software não ter sido desenvolvido em japonês, há dúvidas razoáveis sobre essas informações. Por volta da metade de 2010, Nakamoto foi fazer outras coisas e deixou o Bitcoin nas mãos de alguns membros proeminentes da comunidade BTC.

Para muitas pessoas, a principal vantagem do Bitcoin é sua independência de governos mundiais, bancos e corporações. Nenhuma autoridade pode interferir nas transações do BTC, impor taxas de transação ou tirar dinheiro das pessoas. Além disso, o movimento Bitcoin é extremamente transparente - cada transação única é armazenada em um grande ledger (livro-razão) público e distribuído, chamado Blockchain.

Essencialmente, como o Bitcoin não é controlado como uma organização, ele dá aos usuários controle total sobre suas finanças. A rede Bitcoin compartilha de um ledger público chamado "corrente de blocos" (block - bloco, chain - corrente). Esse ledger contém todas as transações processadas. Os registros digitais das transações são combinados em "blocos".

Se alguém tentar mudar apenas uma letra ou número em um bloco de transações, também afetará todos os blocos que virão a seguir. Devido ao fato de ser um ledger público, um erro ou uma tentativa de fraude podem facilmente ser detectados e corrigidos por qualquer pessoa.

A carteira do usuário pode verificar a validade de cada transação. A autenticidade de cada transação é protegida por assinaturas digitais correspondentes às dos endereços de envio.

Devido ao processo de verificação e, dependendo da plataforma de negociação, pode levar alguns minutos para que uma transação BTC seja concluída. O protocolo Bitcoin foi projetado para que cada bloco leve cerca de 10 minutos para ser minerado.

LEIA MAIS

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store