Coin News

Cotação do Bitcoin hoje 09/11/2022: Bitcoin cai mais 10%, vai para US$ 17 mil com temores de falência da FTX

9 Nov, 20226 min readBitcoin
Cotação do Bitcoin hoje 09/11/2022: Bitcoin cai mais 10%, vai para US$ 17 mil com temores de falência da FTX

A principal criptomoeda do mercado, o Bitcoin (BTC), está cotado na manhã desta quarta-feira, 09/11/202, em R$ 90.856,14. Uma avalanche atingiu o mercado de criptomoedas nesta semana revelando que uma das maiores empresas do mercado a FTX estava insolvente e, portanto, sem liquidez para cumprir com o saldo dos clientes.

Tudo começou com o fundador da Binance, CZ, anunciando uma venda milionária de tokens FTT, da FTX, alegando falta de liquidez da empresa e acusando a FTX de fazer lobby contra a Binance com reguladores. CZ ainda comparou a FTX com a Terra (LUNA). Resultado: uma escalada de vendas de tokens FTT temendo um dejavú do colapso do UST.

O caso ficou ainda mais complicado quando a FTX, depois de refutar as alegações de CZ, assumir que não tinha dinheiro para honrar com o saque de seus usuários e, que havia assinado um acordo de venda da empresa para a Binance.

O mercado reagiu prontamente e mais de US$ 1 bilhão em criptomoedas foram liquidadas levando o preço do BTC para US$ 17 mil e, com ele todo o mercado de criptomoedas sentiu o 'baque' com o token da FTX liderando as baixas com mais de 75% de queda.

Perplexos, analistas agora tentam prever até onde essa queda pode ir já que o suporte de US$ 18 mil foi rompido e não há qualquer garantia de recuperação da FTX, uma das 7 maiores empresas por volume de negociação no mercado de criptomoedas.

Os especialistas apontam que uma queda do BTC para US$ 10 mil não está descartada já que um efeito contágio pode ser desencadeado pois a FTX estava conectada a um ecossistema que envolve a Alameda Research, Solana, investimentos de Venture Capital. BlockFi e até exchanges que não tem 'nada a ver com o caso' como a bybit.

"Com as notícias envolvendo FTX e Binance os mercados agiram de forma negativa e bitcoin hoje negocia abaixo dos 18 mil dólares, devido à queda de 10% ontem. O ether chegou a cair 15% ontem e hoje caiu mais 5%, negociando próximo dos 1200 dólares. Nos dados on-chain tivemos uma leve recuperação na posição dos investidores de longo prazo, de 2 mil bitcoin, mas sem a volta para um patamar de recorde', afirma Andre Franco, Head da área de Research do Mercado Bitcoin.

Portanto, o preço do Bitcoin em 09 de novembro de 2022 é de R$ 90.856,14.

Sem previsão

Fernando Pereira, gerente de conteúdo da Bitget, afirma que não é possível prever nada no momento. Segundo ele, existem movimentos que podemos calcular a maior probabilidade de acontecerem baseados em movimentos históricos do preço. Mas em determinados momentos aparecem alguns “Cisnes Negros”, como diria Nassim Taleb, e mudam totalmente a rota do mercado.

"Ontem foi um desses dias, o colapso de uma das maiores criptomoedas do mundo derrubou todo o mercado. O Bitcoin foi testar seu último fundo próximo de $17600 está se segurando por lá. É uma zona de suporte muito difícil de ser rompida, com muito histórico de negociação. Precisamos observar como os compradores irão reagir agora, caso voltem a defender essa região será um bom sinal de compra", afirma.

Na mesma linha de Pereira, especialistas da Bitfinex compartilharam com o Cointelegraph que os receios de contágio por parte da discussão pública entre Binance e FTX dominaram o mercado de criptomoedas, resultando em uma venda agressiva do token FTX, FTT, bem como da Solana, que é uma das maiores holdings da principal empresa comercial da FTX, Alameda Research.

"A FTX e a Alameda se esforçaram para acalmar os temores depois que o chefe de Binance CZ anunciou que liquidaria sua posição na FTT. Isto continua a enervar os comerciantes em um espaço tão movido pelo sentimento. Os preços das criptomoedas mostram poucos sinais de recuperação rápida com o Bitcoin também caindo abaixo da marca de US$ 17 mil. Agora é impossível prever para onde vai o preço do BTC até que os eventos envolvendo a liquidez da FTX fiquem mais claros", afirma.

O que é Bitcoin?

O Bitcoin (BTC) é uma moeda digital, que é usada e distribuída eletronicamente. O Bitcoin é uma rede descentralizada peer-to-peer. Nenhuma pessoa ou instituição o controla.

O Bitcoin não pode ser impresso e a sua quantidade é muito limitada – somente 21 milhões de Bitcoins podem ser criados. O Bitcoin foi apresentado pela primeira vez como um software de código aberto por um programador ou um grupo de programadores anônimo sob o codinome Satoshi Nakamoto, em 2009.

Houve muitos rumores sobre a identidade real do criador do BTC, entretanto, todas as pessoas mencionadas nesses rumores negaram publicamente ser Nakamoto.

O próprio Nakamoto afirmou ser um homem de 37 anos que vive no Japão. No entanto, por causa de seu inglês perfeito e seu software não ter sido desenvolvido em japonês, há dúvidas razoáveis sobre essas informações. Por volta da metade de 2010, Nakamoto foi fazer outras coisas e deixou o Bitcoin nas mãos de alguns membros proeminentes da comunidade BTC.

Para muitas pessoas, a principal vantagem do Bitcoin é sua independência de governos mundiais, bancos e corporações. Nenhuma autoridade pode interferir nas transações do BTC, impor taxas de transação ou tirar dinheiro das pessoas. Além disso, o movimento Bitcoin é extremamente transparente - cada transação única é armazenada em um grande ledger (livro-razão) público e distribuído, chamado Blockchain.

Essencialmente, como o Bitcoin não é controlado como uma organização, ele dá aos usuários controle total sobre suas finanças. A rede Bitcoin compartilha de um ledger público chamado "corrente de blocos" (block - bloco, chain - corrente). Esse ledger contém todas as transações processadas. Os registros digitais das transações são combinados em "blocos".

Se alguém tentar mudar apenas uma letra ou número em um bloco de transações, também afetará todos os blocos que virão a seguir. Devido ao fato de ser um ledger público, um erro ou uma tentativa de fraude podem facilmente ser detectados e corrigidos por qualquer pessoa.

A carteira do usuário pode verificar a validade de cada transação. A autenticidade de cada transação é protegida por assinaturas digitais correspondentes às dos endereços de envio.

Devido ao processo de verificação e, dependendo da plataforma de negociação, pode levar alguns minutos para que uma transação BTC seja concluída. O protocolo Bitcoin foi projetado para que cada bloco leve cerca de 10 minutos para ser minerado.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store