Coin News

Corretora de criptomoedas desiste de patrocinar Champions League aos “45 do segundo tempo”

1 Sep, 20222 min readBitcoin
Corretora de criptomoedas desiste de patrocinar Champions League aos “45 do segundo tempo”

A corretora Crypto.com desistiu de um enorme acordo de patrocínio com a Champions League (UEFA) “nos 45 do segundo tempo” no início deste verão, informou o SportBusiness na quarta-feira (31).

O acordo com a liga de futebol europeu teria duração de cinco temporadas e custaria à exchange de criptomoedas cerca de 100 milhões de euros por temporada, ou US$ 99 milhões por ano, fazendo com que o acordo geral agora perdido valesse US$ 495 milhões (cerca de R$ 2,5 bilhões).

Antes das negociações com a Crypto.com, a UEFA havia sido patrocinada pela empresa russa de gás natural Gazprom – um acordo que a liga cancelou em março após a invasão da Ucrânia pela Rússia. A ideia era que a Crypto.com entrasse para substituir a Gazprom.

As negociações da Crypto.com, no entanto, não fracassaram devido ao atual mercado de baixa de criptomoedas.

Embora seu acordo com a corretora tenha sido dissolvido, a UEFA tem muitos outros patrocinadores existentes. De acordo com seu site, a liga tem acordos ativos com Lay’s, Heineken, Mastercard, Fedex e Sony PlayStation, para citar alguns.

Fim do marketing agressivo?

Desde a compra de direitos de nome da arena Crypto.com em Los Angeles por US$ 700 milhões, e uma cara propaganda com Matt Damon no ano passado, o departamento de marketing da exchange se manteve ocupado.

A Crypto.com continuou a se aventurar em parcerias esportivas, assinando um acordo para patrocinar a Copa do Mundo da FIFA este ano. A empresa também é patrocinadora da equipe da NBA Philadelphia 76ers e fez um acordo de US$ 100 milhões para espalhar anúncios nas corridas de Fórmula 1.

Mas a exchange também está atolada em demissões, com uma primeira rodada em junho e uma segunda rodada maior de demissões em agosto. A Crypto.com está até mesmo processando uma cliente que recebeu US$ 10 milhões da corretora por acidente.

Independentemente disso, a exchange parece ainda estar investindo na expansão do seu negócio. Em agosto, a Crypto.com foi aprovada para operar no Reino Unido e tem planos de entrar também no mercado cripto sul-coreano.

Crypto.com e a UEFA ainda não responderam ao pedido de comentário do Decrypt.

*Traduzido com autorização do Decrypt.co.

Quer investir em ativos digitais, mas não sabe por onde começar? O Mercado Bitcoin oferece a melhor e mais segura experiência de negociação para quem está dando os primeiros passos na economia digital. Conheça o MB!

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store