Coin News

Corretora de criptomoedas Bittrex é multada em R$ 276 milhões pelos EUA

11 Oct, 20223 min readOther
Corretora de criptomoedas Bittrex é multada em R$ 276 milhões pelos EUA

Em nota publicada nesta terça-feira (11), o Departamento do Tesouro americano aponta que a corretora de criptomoedas Bittrex foi multada no equivalente a R$ 276 milhões, sendo a maior multa já aplicada pela OFAC (Agência de Controle de Ativos Estrangeiros dos EUA) no setor.

Em mais detalhes, o anúncio aponta serem duas multas. Uma delas de US$ 24 milhões (R$ 125 milhões) e outra de US$ 29 milhões (R$ 151 milhões), ambas por violação de regulamentações da OFAC e da FinCEN (Rede de Combate a Crimes Financeiros).

Tais multas têm ligações com casos antigos. Segundo a investigação, a corretora teria falhado em manter um programa de KYC (sigla inglesa para Conheça Seu Cliente) entre os anos de 2014 e 2018. No período, a Bittrex era uma das maiores e mais famosas da indústria.

EUA multa famosa corretora de criptomoedas

Substituída por muitos clientes que optaram por novas corretoras que chegaram nos últimos anos, a Bittrex já estava longe de seu melhor momento. Agora, após ser receber uma multa milionária dos EUA, sua situação está ainda pior.

Segundo o Departamento do Tesouro dos EUA, a Bittrex violou a regulamentação de anti-lavagem de dinheiro (AML) entre os anos de 2014 e 2018. Neste período, era possível utilizar a corretora para comprar e vender criptomoedas sem enviar nenhum documento para verificação de identidade.

Seguindo, o documento aponta que a Bittrex também violou outra regulamentação chamada SAR — sigla inglesa para Comunicação de Operações Suspeitas — entre 2014 e 2017.

“A Bittrex não conseguiu impedir que pessoas aparentemente localizadas na região da Crimeia, na Ucrânia, Cuba, Irã, Sudão e Síria, usassem sua plataforma para realizar transacionar aproximadamente US$ 263.451.600,13 em moedas virtuais entre março de 2014 e dezembro de 2017.”

Seguindo, Himamauli Das, diretor da FinCEN, aponta que a corretora também serviu de base para negociações de criptomoedas provenientes de mercados da darknet e ataques de ransonware.

Sendo assim, os EUA multaram a Bittrex em US$ 53 milhões de dólares (R$ 276 milhões) pelo descumprimento dos dois regimes acima. A corretora não divulgou resposta em suas redes sociais.

Mais corretoras devem ser multas no futuro

Segundo rumores lançados em agosto deste ano, todas corretoras de criptomoedas estão sendo investigadas pelos EUA. Portanto, podemos esperar que mais sejam multadas no futuro.

O motivo é simples, quase nenhuma delas exigia comprovação de identidade de seus clientes antes de 2018. Portanto, mesmo que elas tenham se adequado a estas normas, o caso aponta que os EUA estão prontos para revisitar os anos de “velho oeste” daindústria.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store