Coin News

Coreia do Sul pede revogação do passaporte de Do Kwon enquanto busca prendê-lo

17 Sep, 20223 min readOther
Coreia do Sul pede revogação do passaporte de Do Kwon enquanto busca prendê-lo

Conforme noticiou o CriptoFácil, as autoridades da Coreia do Sul emitiram uma ordem de prisão contra Do Kwon, fundador da Terraform Labs, empresa por trás do ecossistema Terra (LUNA), que colapsou em maio.

Agora, os promotores do país tentam revogar o passaporte de Do Kwon e de outros cinco ex-funcionários da empresa. Isso inclui, por exemplo, o documento do oficial financeiro da empresa Han Mo.

De acordo com o portal local Munhwa Ilbo, quem ordenou a devolução dos passaportes foi o Ministério das Relações Exteriores. Além disso, a pasta impôs uma recusa de emissão de novos passaportes.

Mandado de prisão contra Do Kwon

Atualmente, Do Kwon e outros membros da equipe vivem em Singapura. Por conta disso, as autoridades teriam emitido um alerta sobre a situação deles à Interpol. Os seis mandados de prisão contra o grupo, expedidos na semana passada, têm validade de um ano.

De acordo com a ordem de Seul, capital sul-coreana, o chefe da Terra teria violado as leis de valores mobiliários do país. Estas violações ocorreram antes de maio de 2022 e culminaram com o colapso da Terra, segundo a acusação.

Como as autoridades ainda não conseguiram prender o CEO da Terraform Labs, usaram essa estratégia de invalidar passaporte que é comumente usada para prender indivíduos alvo.

Contudo, o processo de invalidação do passaporte pode levar até um mês para ocorrer. Até lá, a expectativa é que os promotores entrem em contato com as autoridades de Singapura para a devolução dos documentos procurados.

Conforme informou a agência de notícias local, em geral, quando o Ministério das Relações Exteriores notifica um indivíduo para devolver seu passaporte, após o recebimento ele aparece no site do ministério por duas semanas.

Sobre o colapso de Terra, LUNA e UST

Do Kwon é acusado de envolvimento no colapso da stablecoin USTC (antiga (UST), que resultou no colapso do ecossistema Terra como um todo.

A UST perdeu a sua paridade com o dólar dos EUA No início de maio, mergulhando de US$ 1 para US$ 0,15 em menos de uma semana. Como resultado, os investidores perderam US$ 40 bilhões em valor, ou cerca de R$ 245 bilhões em valores atuais.

Apenas um investidor do Taiwan, que teria investido US$ 2 milhões no token, cometeu suicídio após o colapso de LUNA, que caiu 99% em dois dias.

Após o desastre com o ecossistema como um todo, a empresa “relançou” Terra e LUNA e abandonou a stablecoin UST. A nova rede manteve o nome Terra, enquanto a antiga virou Terra Classic. Da mesma forma, a LUNA “antiga” recebeu a identificação Classic.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store