Coin News

Confira 3 novos projetos promissores criando novas aplicações em DeFi

4 Nov, 20225 min readDeFi
Confira 3 novos projetos promissores criando novas aplicações em DeFi

Ignas é um usuário do Twitter que se autointitula um pesquisador do ramo de finanças descentralizadas (DeFi, na sigla em inglês). Em uma publicação feita nesta sexta-feira (4), Ignas listou três projetos DeFi que estão trazendo novas funcionalidades para DeFi.

Além de inovações, os projetos listados na publicação ainda estão em suas primeiras rodadas de investimento, mas já receberam valores de grandes fundos e investidores-anjo. Ignas sinaliza que são bons projetos para acompanhar e participar em futuros airdrops.

Carteira com gestão de risco

O primeiro projeto apontado por Ignas é a carteira Exponential DeFi, que está em fase de testes. Com base em um algoritmo próprio, a carteira avalia o grau de risco e recompensa dos criptoativos da qual faz a custódia, com um ranking que vai de A até D (sendo D os investimentos mais perigosos e A os menos arriscados).

Além de classificar o grau de risco dos investimentos, a carteira busca, automaticamente, oportunidades de rendimentos em DeFi. Esses rendimentos também são classificados com base na relação de risco e recompensa de cada um.

O projeto recebeu US$ 14 milhões em investimentos apenas em sua rodada inicial, chama de ‘seed round’. Essa fase é conhecida por ser um momento no qual investidores injetam dinheiro para que os criadores do projeto consigam realizar o que foi idealizado. Participaram do seed round da Exponential DeFi fundos como: Polygon, Paradigm, FTX e Solana.

Ativos fluidos

O staking líquido, modalidade de staking praticada por protocolos como Lido e Ankr, ficou famoso em 2022. Essas plataformas permitem que um usuário trave seus criptoativos, receba rendimentos e ainda tenha um ativo sintético referente ao saldo depositado, que pode ser usado para operar em outras aplicações de DeFi.

Isso também gerou um movimento onde investidores querem manter a fluidez de seus investimentos, sem perder a liquidez de suas criptomoedas. O Fluidity Money é uma aplicação também em fase de testes, onde usuários recebem rendimentos ao utilizar ativos digitais, em vez de deixá-los em staking.

Ignas usa como exemplo o depósito de DAI. O usuário, ao depositar a stablecoin, recebe a fDAI. Enquanto o montante de DAI depositado é depositado em um protocolo de empréstimos, visando a geração de ganhos, o fDAI dá ao usuário uma chance de ganhar o que foi gerado.

7/ Fluidity is similar to a no-loss lottery, but both, the sender and receiver, qualify for prizes.Rewards are generated by the cumulative yield created by every principal token deposited and lent on money markets.Team raised $1.3M from many VCs, and even @zachxbt & @dcfgod — Ignas | DeFi Research (@DefiIgnas) November 4, 2022

“É como uma loteria sem perdedores, mas você tem chances de ganhar ao enviar e receber os ativos da Fluidity. As recompensas são geradas pelos ganhos cumulativos criados por cada token depositado e usado como empréstimo no mercado.”

O Fluidity Money captou US$ 1,3 milhão de fundos como Solana Ventures e Circle Ventures, além de investidores-anjo famosos, como Zach XBT e DCF God.

Unificando a liquidez na Polkadot

Diferente dos outros dois projetos listados por Ignas, o Tapio Protocol já está em funcionamento. O objetivo do projeto é unificar a liquidez da Polkadot através da criação de ativos sintéticos. Ativos sintéticos são aqueles que representam um criptoativo em outra blockchain.

Um exemplo apontado pelo pesquisador de DeFi independente é o tDOT, uma forma sintética dos tokens dos pools de liquidez DOT-LDOT e DOT-LCDOT, utilizável dentro do DOT Stable Swap. Outros ativos uniformes também podem ser integrados ao tDOT, como explica a imagem.

Imagem: Tapio Protocol/Ignas

Com isso, o projeto torna possível o farm de rendimentos em três pools diferentes, mas utilizando somente uma solução. A ideia garantiu US$ 4 milhões aos criadores do Tapio Protocol para desenvolver o projeto. Participaram da rodada de investimentos fundos como Arrington Capital, Polychain e Spartan Group.

Por que é importante?

André Franco, Head de Research do Mercado Bitcoin, avalia que é importante identificar os pontos de atenção dos fundos de investimento.

“Esses caras têm muito dinheiro, se preocupam muito em encontrar as melhores informações e profissionais. Isso faz com que esses fundos descubram informações que muitas pessoas não descobrirão por conta própria. Seguir os movimentos desses fundos é seguir as pessoas mais bem informadas do mercado”, afirma Franco.

O investidor do mercado de DeFi que se identifica como Luis também aponta que projetos com “bolsos cheios” tendem a fazer distribuições generosas de seus tokens por meio de airdrops. Por isso, acompanhar a alocação de dinheiro dos fundos também pode gerar boas oportunidades de ganhar dinheiro com pouco esforço, bastando ser um dos usuários iniciais de novos projetos.

Leia mais:

  • Trader de Dogecoin explica por que vender DOGE agora faz sentido;
  • Elrond muda de nome para MultiversX e muda o foco para o metaverso;
  • Notícias Cripto: novidades na Binance, Phemex, Bitso, Nelogica, Zero Hash e no navegador Opera.
  • Source

    Subscribe to get our top stories

    Coin News
    App StoreApp Store