Coin News

Comprar na queda e vender na alta: Analista indica 6 criptomoedas que comprou na queda drástica do Bitcoin

10 May, 20227 min readBitcoin
Comprar na queda e vender na alta: Analista indica 6 criptomoedas que comprou na queda drástica do Bitcoin

O Bitcoin (BTC) viu seu valor ficar novamente na faixa de US$ 32 mil, depois de três dias de baixa no mercado de criptoativos. Desde sua alta histórica em US$ 69 mil, o BTC já perdeu mais de 52% de seu valor.

Contudo ao invés deste momento ser de desespero, para o Head de Research do Grupo 2TM, André Franco, os investidores precisam ficar atentos as métricas do mercado para agir com sabedoria e não movidos pelo medo.

"Se nós fossemos totalmente agnósticos a preço, diria que as métricas do bitcoin nunca foram tão positivas. Os investidores de longo prazo (LTH) continuam acumulando bitcoin e estamos no ponto histórico mais alto e positivo dessa métrica, como você pode ver a seguir", destacou.

Bitcoin balance in the hands of long-term investors Source: Glassnode

Segundo Franco, outra métrica que vai nessa mesma direção é o saldo de bitcoins que não se movem a um ano ou mais, que já ultrapassa a marca dos 65% e também está no seu ponto histórico mais alto.

Percentual bitcoins não se move a um ano ou mais. Fonte: Glassnode

"Como disse, se não tivéssemos um cenário macro tão negativo, diria que logo veríamos o bitcoin voltar a subir. No entanto, a fuga dos ativos de risco (risk off) ainda pode causar mais quedas no bitcoin e, consequentemente, em todo mercado cripto. Por isso, ainda vejo que podemos ver o bitcoin abaixo dos 30 mil dólares", apontou

Franco ainda destaca que para saber 'até onde vai a queda do Bitcoin', existem 3 métricas que são muito boas para mostrar sinais de euforia e de capitulação, segundo ele, elas foram muito úteis para medir os momentos de exaustão e também a capitulação do ciclo de 2017/2018.

Três métricas para saber onde é o final da queda

A primeira delas, segundo ele, é o Lucro/prejuízo líquido não realizado (NUPL). Essa métrica mede a relação entre os bitcoins não movimentados que estão no lucro e os que estão no prejuízo, desde a sua última movimentação. Essa métrica mostra extrema euforia quando atinge valores acima dos 0,75 (faixa azul) e capitulação quando está abaixo de 0 (faixa vermelha).

Net Unrealized Profit/Loss (NUPL) dos últimos 5 anos. Fonte: Glassnode

"No exato momento em que escrevo estamos com valores de NUPL próximos de 0,25, o que se encaixa na zona de medo/esperança. Consequentemente, se o atual ciclo se mostrar como os ciclos passados, ainda veremos a continuação da queda até a zona de capitulação (abaixo de 0) ser atingida", disse.

Ainda segundo ele, outra métrica importante para entender o momento da capitulação é o múltiplo de Puell, que mede o quanto o preço do bitcoin atual destoa da média móvel do preço no qual ele foi minerado nos últimos 365 dias. Assim, como o NUPL, o múltiplo de Puell é um ótimo indicador de capitulação e euforia, como você pode constatar a seguir.

Múltiplo de Puell dos últimos 5 anos. Fonte: Glassnode

"Quando o valor da métrica atinge valores acima de 4 atingimos a zona de euforia e quando cai abaixo de 0,45, entramos em zona de capitulação. Por se tratar de uma métrica que leva em conta a indústria de mineração, esse momentos de capitulação no múltiplo de Puell, são acompanhados de queda no hashrate também, como podemos ver a linha "ruidosa" e roxa do valor do hashrate do bitcoin abaixo"

Hashrate do bitcoin (linha roxa), Preço (linha preta) e Múltiplo de Puell (linha verde) dos últimos 5 anos. Fonte: Glassnode

"Por último, mas não menos importante, o percentual de bitcoins no lucro também é um ótimo indicador de capitulação. A zona abaixo dos 50% se mostrou uma ótima zona de compra nos ciclos passados, como podemos ver a seguir", aponta.

Percentual dos bitcoin no lucro. Fonte: Glassnode

"Caso o bitcoin repita os ciclos anteriores, ainda poderemos ver preços menores antes da reversão. Essas métricas apresentadas podem nos guiar no atual momento do mercado e também nos fazer entender qual será a melhor hora de virar a mão e voltar a ficar otimista com o mercado. No entanto, não devem ser seguidas como se fossem regras em pedra", finaliza Franco

6 criptomoedas que comprei na queda drástica do Bitcoin

A trader e analista Jessica Doosan também concorda com Franco e aponta que a recente queda no valor do Bitcoin pode ser um pouco mais duradoura do que as anteriores, contudo, segundo ela, é no momento em que o mercado cai que os traders vão as comprar para 'concretizar' o jargão clássico do mercado "Comprar na baixa e vender na alta".

"Quando o cenário de mercado melhorar, você poderá lucrar mantendo bons investimentos de longo prazo. No momento, o mercado não está indo bem e podemos achar difícil segurar por um longo período de tempo, mas quem compra na baixa e vende na alta é que faz lucro e não quem compra na alta para vender em uma alta ainda maior", disse.

Diante disso ela apontou 6 criptomoedas que ela comprou durante esta recente baixa do mercado pois acredita que elas tem fundamento para superar a recente queda e iniciar um movimento de alta em breve.

A primeira criptomoeda na lista de Doosan é a XCAD Network (XCAD) que caiu mais de 20% recentemente.

"Eu acredito que obter xcad a esse preço é um negócio fantástico. Podemos facilmente obter retornos que variam de 10% a 20%.", destacou.

Em segundo lugar ela aponta o Thetan Arena, que também viu seu falor derreter recentemente mas, segundo a analista ainda tem potencial de subir de 10% a 25%. Na terceira posição ela aponta a Wilder World (WILD)

"A última vez que o Wilder World esteve entre minhas indicações ele estava em US$ 1,80 subiu para US$ 2,60. Ele está sendo negociado agora em $ 1,55, então novamente temos uma grande oportunidade de conseguir mais uma entrada. Estou lhe dizendo isso de novo e de novo. Quando você registra o lucro, o mercado ainda não está estável. Se você recebeu $ 1,80 e não registrou lucro assim que $ 2,50 chegaram, você apenas viu o lucro e não registrou. Agora, novamente, estamos recebendo uma oportunidade incrível e, ao mesmo tempo, um preço mais baixo, pois o WILD vai voltar para US$ 2", apontou.

A analista também esta comprando a Moonriver (MOVR), que segundo aponta, é uma criptomoeda para se manter no longo prazo pois o projeto é muito promissor.

"Mesmo que a situação do mercado piore, você ainda pode segurá-la. Este projeto pode ter um desempenho muito bom em 2 a 3 anos. Ainda assim, faça escalpelamento por enquanto. Pode-se facilmente obter um lucro de até 20%", disse.

Em quinto lugar está o Energy Web Toke (EWT) que, segundo a analista é uma criptomoeda que tem mantido seu preço estável desde que caiu para US$ 2 e, portanto, deve em breve retomar o ciclo de alta.

Finalizando a lista ela aponta o Cheesus (CHEESUS). Porém ela destaca que esse é um investimento muito arriscado pois tem uma capitalização de mercado muito baixa.

"Acredito que, se a equipe deles lançar uma atualização, esse token poderá fornecer um % de lucro a partir daqui. A moeda mais arriscada de todas as moedas acima. Se você entrar, trate-o como uma loteria", finaliza.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store