Coin News

Colorado é o primeiro estado americano a aceitar criptomoedas para pagamento de impostos

21 Sep, 20222 min readOther
Colorado é o primeiro estado americano a aceitar criptomoedas para pagamento de impostos

O Colorado, estado americano com 5,7 milhões de habitantes, é o primeiro a aceitar criptomoedas para pagamentos de impostos nos EUA. Entretanto, isso só poderá ser realizado através de uma conta no PayPal, provedor escolhido como intermediário nestas transações.

O projeto já estava em andamento desde fevereiro deste ano. Na data, o governador Jared Polis comentou que o Colorado estava trabalhando com um provedor de pagamentos que aceitasse criptomoedas dos cidadãos e, em troca, enviasse dólares ao estado.

A notícia também lembra da disputa entre os prefeitos de Miami e Nova York sobre quem seria o primeiro a receber seu salário em Bitcoin. Portanto, é possível que a ação do Colorado incentive outros a tomar a mesma decisão.

Pagamento com criptomoedas no Colorado é cômodo, mas tem um preço

Devido ao uso de um intermediário para lidar com o recebimento de criptomoedas pelos contribuintes, convertê-las em moeda fiduciária e então depositá-las na conta do governo, os cidadãos podem ter um custo extra no pagamento de impostos.

Segundo o site oficial do estado do Colorado, há uma taxa adicional de 1 dólar mais 1,83% referente ao montante a ser pago. Portanto, embora a opção de pagar impostos com criptomoedas seja uma comodidade, no momento isso tem um custo elevado.

Além disso, tais transações só poderão ser realizadas através do PayPal, provedor de pagamentos que firmou parceria com tal governo estadual.

“Apenas contas pessoais do PayPal podem pagar usando criptomoeda.”

“Você deve ter o valor total de sua fatura em uma única criptomoeda no seu PayPal”, aponta o site do governo do Colorado. “Taxas como taxas de compra do PayPal, compra de criptomoeda através do PayPal, ou taxas de minerador/gas, ao transferir uma criptomoeda de uma carteira externa para o seu PayPal, podem ser aplicadas.”

Outro ponto é que o governo pode estar deixando dinheiro na mesa. Afinal, o mesmo poderia fazer hold de Bitcoin em vez de segurar dólar, tratando a criptomoeda como uma reserva de valor.

De qualquer forma, ver um estado americano tratando o Bitcoin e outras criptomoedas como dinheiro já é um grande passo para o reconhecimento desta indústria. Além disso, a atitude pode inspirar outros governadores a tomarem o mesmo caminho.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store