Coin News

Cold Wallet: conheça um modo prático e grátis de ter a sua

24 Aug, 20223 min readBitcoin
Cold Wallet: conheça um modo prático e grátis de ter a sua

No início de agosto, milhares de investidores da Solana foram surpreendidos com um ataque hacker que subtraiu cerca de US$ 8 milhões em criptomoedas em seu ecossistema. Esse evento, ocorrido em uma das principais criptomoedas do mercado mundial, poderia ter acontecido com muitos outros players, o que reabriu uma importante discussão sobre segurança.

Para se ter ideia da dimensão do problema: somente em 2021 foram realizados roubos de criptomoedas que resultaram em perdas de US$ 3,2 bilhões no cenário global, segundo dados da Chainalysis. Mas e como se proteger? Existem inúmeros caminhos para buscar aumentar a segurança de suas criptomoedas, mas um dos principais é manter suas criptos em Cold Wallets.

Cold Wallet, em tradução literal, significa “carteira fria”. Ela nada mais é do que um modo de guardar suas carteiras de modo offline. Desse modo, ela é muito menos suscetível a ataques hackers orientados para roubos de moedas, uma das modalidades mais comuns de crimes no universo das criptomoedas.

Muito além da Cold Wallet

Algumas grandes corretoras já oferecem a possibilidade de guardar suas criptomoedas em Cold Wallet para seus clientes de modo automático.

É o caso da Avenue, a maior corretora de investimentos nos Estados Unidos para brasileiros, que disponibiliza esse serviço sem nenhum custo adicional aos seus clientes por meio da Avenue Digital Assets. Basta realizar normalmente a operação de compra, e as criptomoedas são automaticamente guardadas em Cold Wallets. Voltando ao exemplo da Solana, nenhum cliente da Avenue foi afetado pelo episódio do início do mês.

Com plataforma no Brasil e nos Estados Unidos, a Avenue surgiu como o objetivo de conectar os brasileiros aos mercados americanos de modo simples e rápido. Algo inovador, uma vez que até então abrir uma conta nos Estados Unidos e realizar operações de câmbio era um processo em geral burocrático e lento, com diversas barreiras que, na prática, limitavam esse acesso a milionários.

Após abrir as bolsas americanas para brasileiros, democratizando o maior palco de investimentos do mundo, a Avenue, através da Avenue Digital Assets, entrou também no mercado de criptomoedas, trazendo ao universo cripto as facilidades que levou milhares de brasileiros a explorarem os mercados americanos.

Para o público investidor, um dos principais benefícios que a corretora oferece são os relatórios automáticos e gratuitos de imposto de renda, que simplificam o processo de declaração à Receita Federal e são disponibilizados diretamente na conta do cliente sempre que necessário.

Recentemente, a corretora também lançou a possibilidade de realizar transferências de custódia de criptomoedas, um processo que é feito totalmente online e em poucos passos. Até o momento, as transferências estão disponíveis para Bitcoin (BTC) e Litecoin (LTC).

Vida financeira global

A proposta da Avenue é consolidar a vida financeira global sob uma única plataforma. Por isso, além de oferecer mais de 40 criptomoedas para negociar em dólar, a plataforma também conta com diversas soluções de investimentos e bancária para os brasileiros que buscam ter uma vida financeira mais internacional, entre elas:

  • Cartão de débito americano, aceito em mais de 150 países e que pode gerar economias de até 10% no câmbio sobre os meios tradicionais.
  • Transferências bancárias em dólar
  • Acesso direto às duas maiores bolsas de valores do mundo (NYSE e NASDAQ)
  • Fundos de investimento de grandes gestoras internacionais
  • Renda fixa em dólar
  • Carteiras Administradas
  • Para ter acesso a todas essas vantagens, basta acessar este link e abrir sua conta em poucos minutos na Avenue.

    Source

    Subscribe to get our top stories

    Coin News
    App StoreApp Store