Coin News

Cointelegraph aumenta sua presença no Oriente Médio e Norte da África com uma nova franquia

4 Aug, 20222 min readOther
Cointelegraph aumenta sua presença no Oriente Médio e Norte da África com uma nova franquia

O Cointelegraph, o principal meio de comunicação focado em blockchain e cripto, está aumentando sua presença na região do Oriente Médio e Norte da África (MENA) com a ajuda de um novo proprietário de franquia, Luna Media Corporation.

Com sede em Dubai, a Luna Media Corporation é um grupo de mídia que visa promover a indústria da Web3 por meio de uma variedade de empreendimentos e investimentos não relacionados. A nova franquia será crucial para aumentar a exposição de projetos e atividades de blockchain na região MENA para um público global.

Fundado em 2013, o Cointelegraph está na vanguarda das notícias sobre blockchain e Web3, cobrindo criptomoedas, tokens não-fungíveis (NFTs), o espaço metaverso, finanças descentralizadas (DeFi) e outras tecnologias financeiras emergentes.

Elijah Leyb, vice-presidente de operações globais do Cointelegraph, supervisiona 10 versões locais do site, além da edição principal em inglês, incluindo francês, espanhol, alemão, italiano, turco, chinês, coreano, português, japonês e árabe. Leyb disse que está “ansioso para garantir nossa posição na região MENA muito promissora com nosso novo parceiro”.

Comentando sobre o novo desenvolvimento, a editora-chefe do Cointelegraph, Kristina Lucrezia Cornèr, declarou:

“A região MENA está crescendo com projetos inovadores, incluindo blockchain e cripto, e é uma oportunidade incrível para aumentarmos nossos leitores por meio de conteúdo original produzido em árabe em um dos centros modernos mais ativos da comunidade fintech, Dubai.”

O Cointelegraph MENA fornecerá cobertura de notícias em árabe das principais notícias e avanços tecnológicos em cada país da área. A publicação terá um impacto significativo em um mercado que está crescendo rapidamente. Para acompanhar as últimas notícias do Cointelegraph MENA, visite ar.cointelegraph.com.

A região MENA tem sido um centro de atividade no espaço de criptomoedas e blockchain nos últimos anos. Os Emirados Árabes Unidos lideram a carga com seus esforços regulatórios e abrigam várias grandes marcas de blockchain e criptomoedas.

Em 2021, o Marrocos era o mercado de Bitcoin (BTC) mais popular no norte da África – apesar de ser ilegal no país. Conforme relatado pelo Cointelegraph, o “Reino do Oeste”, como é conhecido localmente, foi o líder norte-africano no trade de Bitcoin em 2021, apenas superado pela Arábia Saudita ao analisar toda a região do MENA.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store