Coin News

Co-fundador de projeto cripto MakerDAO é encontrado morto após acusar CIA de tráfico sexual

4 d ago3 min readOther
Co-fundador de projeto cripto MakerDAO é encontrado morto após acusar CIA de tráfico sexual

Fontes locais informaram que Nicolai Arcadie Muchgian, co-fundador da MakerDAO, foi encontrado morto na cidade de San Juan, em Porto Rico, na última sexta-feira (28).

Segundo as informações, Muchgian teria se afogado após ser arrastado por fortes correntes marítimas, tendo sido encontrado já sem sinais vitais pela equipe de resgate.

“Conforme o boletim de ocorrência, os fatos foram registrados às 9h15, quando as autoridades foram alertadas de que o homem, identificado como Nicolai Arcadie Muchgian, havia sido arrastado [pelo mar]”, informou o jornal El Nuevo Dia.

Entretanto, seu último tuíte, publicado três horas antes de sua morte, chamou a atenção de seus seguidores.

Na oportunidade, o co-fundador da MakerDAO — organização por trás da stablecoin DAI — acusou a CIA de envolvimento em tráfico sexual de menores de idade. Indo além, também comentou que essas pessoas teriam planos para prendê-lo ao forjar provas contra ele, tudo isso com a ajuda de sua ex-namorada.

“A CIA, Mossad e a elite da pedofilia estão executando algum tipo de rede de chantagem de tráfico sexual em Porto Rico e nas ilhas do Caribe. Eles vão me enquadrar com um laptop plantado pela minha ex-namorada que era espiã. Eles vão me torturar até a morte.”

CIA and Mossad and pedo elite are running some kind of sex trafficking entrapment blackmail ring out of Puerto Rico and caribbean islands. They are going to frame me with a laptop planted by my ex gf who was a spy. They will torture me to death.— ☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️ (@delete_shitcoin) October 28, 2022

Em outro tuíte mais antigo, desta vez publicado em 4 de setembro, Muchgian comenta que seria “suicidado pela CIA”. Ou seja, que sua morte teria sido causada por suicídio, mas que, na verdade, teria sido uma armação.

“3 futuros possíveis para mim 1) suicidado pela CIA, 2) ativo escravo da CIA com dano cerebral, 3) pior pesadelo das pessoas que foderam comigo até agora, tenho certeza que essas são as únicas opções.”

3 possible futures for me 1) suicided by CIA 2) CIA brain damage slave asset 3) worst nightmare of people who fucked with me up until now, I am sure these are the only options— ☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️☀️ (@delete_shitcoin) September 5, 2022

Além de co-fundar a MakerDAO, Muchgian também foi co-fundador da Balancer, famosa corretora descentralizada, bem como trabalhou no desenvolvimento da BitShares.

Caso lembra a morte de John McAfee

Em junho do ano passado, John McAfee, criador do famoso anti-vírus que leva seu sobrenome, era encontrado morto em uma prisão na Espanha. Segundo informações, a causa de sua morte teria sido suicídio.

Entretanto, isso foi contestado por muitos. Afinal, McAfee havia feito até mesmo uma tatuagem alguns anos antes, afirmando que o governo americano estava perseguindo ele com a intenção de matá-lo, sem que parecesse um assassinato.

“Recebendo mensagens sutis de autoridades americanas dizendo, com efeito: ‘Estamos indo atrás de você, McAfee! Vamos te suicidar’. Eu fiz uma tatuagem hoje para o caso. Se eu me suicidar, não o fiz. Eu estava louco. Verifique meu braço direito”, escreveu McAfee dois anos antes de sua morte.

Portanto, a morte do co-fundador da MakerDAO possui semelhanças com a de McAfee. Entretanto, mídias locais destacam que a praia de Condado — local onde o corpo de Nicolai Arcadie Muchgian foi encontrado — não possui salva-vidas e que outras onze pessoas morreram afogadas em apenas quatro meses.

Crime perfeito ou teoria da conspiração, é difícil saber. De qualquer forma, a indústria das criptomoedas perde um grande nome que, apesar de não ser tão famoso, foi de grande ajuda no desenvolvimento do setor.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store