Coin News

CNN abandona projeto NFT e é acusada de golpe

12 Oct, 20224 min readNFT
CNN abandona projeto NFT e é acusada de golpe

Depois de arrecadar R$ 1.7 milhão com a venda de NFTs, a CNN anunciou que está abandonando seu projeto de tokens não fungíveis, fazendo alguns investidores acusarem o canal de notícias de aplicar um “golpe”.

O projeto Vault da CNN foi criado em 2021 e oferecia aos investidores NFTs que comemoravam os principais eventos de notícias do canal.

A CNN anunciou o Vault como uma forma de os “colecionadores possuírem uma parte da história”. No entanto, o projeto teve vida curta, pois a empresa decidiu colocar fim no seu experimento.

Em uma postagem no Twitter, o canal multinacional de notícias anunciou o fim do Vault sem fornecer nenhuma razão específica para tal decisão.

“A equipe do Vault está honrada por ter feito parceria com jornalistas, produtores, artistas, fotojornalistas e colecionadores incríveis de todo o mundo durante nosso tempo juntos, mas decidimos que é hora de dizer adeus ao Vault.”

News of our own to share — Vault by CNN (@vaultbycnn) October 10, 2022

Golpe

Após o anúncio, alguns usuários chamaram a situação de “puxão de tapete” – um termo na indústria de criptomoedas usado para definir um tipo de golpe onde uma parte inesperadamente desaparece com dinheiro ou abandona um projeto, deixando os investidores na mão.

Isso ocorre especialmente porque a CNN havia prometido criar mais tokens não fungíveis e porque a empresa não fez um aviso prévio de sua intenção de abandonar o Vault. Além disso, no mês passado o canal pediu aos membros da comunidade em seu canal do Discord que comprassem mais NFTs para acessar eventos importantes.

Os investidores do Vault causaram tumulto no Discord do projeto, com várias pessoas xingando a empresa e ameaçando processos.

Apesar de toda confusão, a CNN afirmou que vai reembolsar os “coletores que estiveram com eles durante o experimento”. Assim, o reembolso terá como base o preço de compra de cada NFT, conforme registrado em 6 de outubro.

A devolução do dinheiro será feita através de stablecoins ou tokens FLOW. A CNN disse que está trabalhando nos detalhes do plano de compensação, e a distribuição será de aproximadamente 20% do preço real de cada NFT em uma carteira.

“A distribuição será de tokens FLOW ou stablecoins depositados na carteira de cada colecionador. No momento, estamos trabalhando nos detalhes, mas esperamos que o valor da distribuição seja aproximadamente 20% do preço original para cada NFT do Vault.” disse a empresa.

Os investidores mostraram descontentamento com a decisão da empresa, dizendo que não aceitarão reembolso com tokens FLOW e não querem receber um valor menor do que pagaram pelos NFTs.

Os investidores também descreveram a decisão da CNN como uma situação de “terror”, alegando que a empresa apenas tirou vantagem dos consumidores.

Vault CNN

Os NFTs da CNN foram lançados em meados de 2021 em meio ao boom dos colecionáveis digitais, a empresa apresentou o projeto com a promessa de que os investidores poderiam “possuir um pedaço da história”.

Os compradores puderam comprar “momentos” colecionáveis ​​vinculados a grandes eventos históricos. Os NFTs vieram com vantagens como conversas exclusivas no Discord, acesso ao arquivo de bate-papos de artistas e artigos apenas para colecionadores.

O fechamento inesperado significa que os recursos prometidos não serão oferecidos aos usuários que já gastaram milhares de dólares nos NFTs.

Antes de abandonar o projeto, a CNN arrecadou US$ 328.700 (R$ 1.7 milhão) com as vendas dos NFTs, de acordo com um relatório da Press Gazette.

O NFT mais caro vendido pela empresa foi um vídeo de US$ 500 do momento em que a CNN previu várias vitórias nas eleições presidenciais.

A notícia do encerramento acontece logo após a SEC dos Estados Unidos iniciar uma investigação contra o conglomerado de NFTs Yuga Labs.

A Comissão de Valores Mobiliários americana está investigando a criadora das coleções de NFTs de macacos Bored Ape Yacht Club (BAPE) e Mutant Ape Yacht Club (MAYC) para saber se tais ativos podem ser considerados títulos mobiliários.

Apesar de não ter revelado o motivo do fim de seu projeto, a CNN pode estar se antecipando a problemas legais com a SEC.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store