Coin News

Cloudflare anuncia suporte ao The Merge e redes de testes do Ethereum

14 Sep, 20223 min readEthereum
Cloudflare anuncia suporte ao The Merge e redes de testes do Ethereum

A Cloudflare, empresa de segurança e distribuição de conteúdo, anunciou que dará suporte para o The Merge no Ethereum. Além disso, a empresa também dará suporte para as redes de testes Sepolia e Goerli, de acordo com um anúncio publicado na terça-feira (13).

O suporte da Cloudflare para o Merge é crucial, já que a empresa é uma gigante da infraestrutura da Internet. De fato, a grande maioria dos sites da Internet utilizam a Cloudfare para hospedar seus endereços. Logo, o suporte ao The Merge permite que usuários e dispositivos acessem a rede Ethereum.

Com a atualização, a Cloudfare é a mais recente e uma das maiores empresas a anunciar suporte ao The Merge. Ao mesmo tempo, a empresa é uma das maiores gigantes do mercado tradicional a se posicionar favorável a atualização do Ethereum.

Cloudfare anuncia suporte ao Merge

A Cloudflare é a maior empresa de infraestrutura de internet, com uma participação de mercado de 80%. Por causa desse domínio, a maioria das principais plataformas que negociam criptomoedas tem seus sites hospedados na Cloudfare.

Por exemplo, as exchanges FTX, KuCoin, Kraken, Coinbase, WazirX, eToro, bem como os sites CoinMarketCap, Coingecko, Nexo e outras plataformas, dependem da Cloudflare para se conectar à Internet.

Além do suporte ao Merge, o gateway do Ethereum da Cloudflare agora oferecerá suporte às redes de teste Sepolia e Goerli. Os usuários podem usar as redes de testes do The Merge para testar e desenvolver aplicativos descentralizados (dApps), bem como testar atualizações na rede.

“O gateway do Ethereum permite que qualquer cliente interaja com a rede Ethereum sem precisar executar seu próprio nó dedicado”, explica a Cloudfare.

Para os usuários do Ethereum, suporte por parte da Cloudflare garantirá confiabilidade, viabilidade e segurança na implementação de mudanças antes da implantação do The Merge no Ethereum. Ou seja, até as próximas 24 horas.

Além disso, a Cloudflare também anunciou o suporte para a Rinkeby, outra rede de testes que dá suporte ao ecossistema Ethereum. O suporte da Cloudfare para a Rinkeby terminará em 15 de janeiro de 2023.

Por fim, a Fundação Ethereum também anunciou que usuários e desenvolvedores devem migrar para as redes de teste Goerli ou Sepolia. As redes de teste Kiln, Ropsten e Rinkeby serão encerradas em breve.

Clientes e desenvolvedores Ethereum prontos para transição de PoS

A atualização The Merge está programada para acontecer em 15 de setembro por volta de 01h00, horário de Brasília, de acordo com o contador de tempo da Fundação Ethereum. Cerca de 85% dos nós já atualizaram os programas para receber a atualização.

Atualmente, faltam cerca de 5.000 blocos restantes para minerar na rede Ethereum. Depois do The Merge, a rede mudará para o consenso de Prova de Participação (PoS) e os mineradores serão removidos da rede.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store