Coin News

Chainalysis se associa à Associação Brasileira de Criptoeconomia (ABCripto)

4 d ago3 min readOther
Chainalysis se associa à Associação Brasileira de Criptoeconomia (ABCripto)

A plataforma de análise de blockchain com sede na cidade de Nova York, a Chainalysis, é a mais nova integrante da Associação Brasileira de Criptoeconomia (ABCripto). A ABCripto anunciou a entrada da empresa nesta terça-feira (1º). De acordo com o anúncio, o ingresso da Chainalysis reforça a construção de um mercado mais seguro e inovador de ativos digitais no país.

“A ABCripto se orgulha em receber a nova parceira, que trará mais inovação e novas tecnologias”, disse Rodrigo Monteiro, diretor executivo da ABCripto.

ABCripto anuncia novo membro

Cofundada em 2014 por Michael Gronager e Jonathan Levin, a Chainalysis é uma popular plataforma de cripto que atua em mais de 70 países. Entre outras coisas, a empresa fornece dados, softwares, serviços e pesquisas para agências do governo, exchanges, instituições financeiras e empresas de seguros e de segurança cibernética.

Além disso, a Chainalysis é conhecida por investigar transações envolvendo criptomoedas e práticas criminosas como a lavagem de dinheiro.

Recentemente, conforme noticiou o CriptoFácil, a empresa se uniu à exchange de ativos digitais Binance para fornecer um workshop sobre segurança cibernética, blockchain e criptomoedas para a Interpol. De acordo com Gurvais Grigg, CTO do Setor Público Global da Chainalysis, ações como essas ajudam o setor. Isso porque quando as autoridades e os reguladores se sentem confortáveis com as criptomoedas, as exchanges e outras empresas de cripto podem se expandir.

Sobre o ingresso da empresa na ABCripto, a líder de vendas para América Latina da Chainalysis, Brianna Kernan destacou que o setor precisa criar regulamentações mais claras e implementar controles de compliance no setor de cripto

“Nós sabemos que esses são valores intrínsecos à ABCripto. Portanto, para nós, é um privilégio juntar forças à associação com todos os pioneiros da indústria de criptomoedas no Brasil”, disse ela. “Estamos felizes em contribuir para o debate com nossos dados e pesquisas líderes de mercado sobre a atividade do setor”, concluiu.

ABCripto agora tem 15 membros

Com o ingresso da Chainalysis, a ABCripto passa a contar com 15 membros, entre empresas nacionais e globas. São eles: Foxbit, Mercado Bitcoin, NovaDAX, Z.ro Bank, Alter, Travelex Bank, EasyCrypto, Uniera, OWS, Ripio, Bitso, Deloitte, 99Pay e MetaMap.

A ABCripto é uma organização que representa o setor de ativos digitais no país. Sua principal missão é promover a melhoria do ambiente de negócios, representar os interesses dos participantes do mercado e colaborar para a construção de um marco regulatório que fomente a inovação e garanta direitos dos investidores.

Ao mesmo tempo, a ABCripto visa aproximar os brasileiros do mercado cripto e reunir os agentes responsáveis pelo desenvolvimento desta nova infraestrutura de serviços financeiros.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store