Coin News

CEO da Binance cria fundo de recuperação para mercado de criptomoedas após colapso da FTX

14 Nov, 20223 min readOther
CEO da Binance cria fundo de recuperação para mercado de criptomoedas após colapso da FTX

O CEO da Binance, Changpeng “CZ” Zhao, anunciou a formação de um fundo de recuperação para a indústria. Conforme CZ explicou em um tuíte publicado nesta segunda-feira (14), o fundo de recuperação da Binance ajudará projetos bem-sucedidos de longa duração afetados pela crise de liquidez.

Este fundo fará parte do Binance Labs e atenderá as empresas que atenderem a determinados critérios. Quem se interessar pelo apoio pode entrar em contato com a Binance Labs para verificar se o seu projeto se qualifica para receber as verbas.

Além disso, o CEO da Binance também solicitou que outras empresas ajudassem a exchange investindo recursos no fundo de recuperação. Com isso, o CEO espera que o mercado possa eliminar os excessos e se recuperar mais rapidamente.

No entanto, CZ não revelou mais detalhes sobre o fundo no momento, como o montante que haverá disponível. O executivo disse que a Binance revelará essas informações posteriormente.

Fundo de recuperação recupera mercado

O mercado de criptomoedas continua caindo após a crise do FTX, sobretudo no longo prazo. Mas o anúncio do CZ fez com que o mercado abrisse em alta na segunda-feira. Sete das dez criptomoedas do Top 10 operam em alta, incluindo Bitcoin (BTC) e Ether (ETH).

Só que as altas seguem em ritmo muito mais moderado do que as últimas desvalorizações. De fato, a maior valorização nas últimas 24 horas é da MATIC, que sobe apenas 3%. Dogecoin (DOGE), Cardano (ADA) e XRP, por outro lado, operam em queda.

“Para reduzir ainda mais os efeitos negativos em cascata do FTX, a Binance está formando um fundo de recuperação da indústria, para ajudar projetos que são fortes, mas em uma crise de liquidez. Mais detalhes em breve. Enquanto isso, entre em contato com a Binance Labs se achar que seu projeto se qualifica”, disse CZ.

O projeto já conta com seu primeiro apoiador: Justin Sun, criador da Tron. De acordo com Sun, o projeto que ajudará bons construtores e incorporadoras a se recuperarem da crise.

Outras entidades, incluindo Simon Dixon, maior investidor do protocolo falido Celsius Network, gostam de se juntar ao fundo e contribuir para torná-lo descentralizado com a comunidade de criptomoedas.

Quem julgará os projetos?

Mas alguns membros da comunidade aproveitaram para lançar dúvidas sobre o fundo. Por exemplo, o que o fundo classifica como um “usuário forte com crise de liquidez”? Afinal, se um projeto tem crise de liquidez, é mais provável que ele tenha fragilidades do que forças.

Nesse sentido, um usuário que atende pelo nome de Crypto King perguntou a CZ se a FTX se qualifica como forte, mas em uma crise de liquidez. A pergunta foi em tom de programação, mas CZ respondeu de forma direta.

“Ei, você leu errado o tweet, eu acho. Mentirosos ou fraudes nunca se qualificam como projetos fortes. Isso é para outros projetos no ecossistema”, disse.

Em outubro, a Binance Pool divulgou US$ 500 milhões na forma de um empréstimo para mineradores de BTC que enfrentaram. Os mineradores de criptomoedas enfrentaram uma severa crise financeira depois que os preços da criptomoeda caíram mais de 75% em relação ao seu recorde histórico.

O preço do token BNB chegou a se valorizar mais de 4% logo depois da publicação do tuíte. Mas no momento da escrita deste texto, a BNB opera em alta de 1% e cotada a R$ 1.502,25.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store