Coin News

Celsius inicia pagamentos de empréstimos em R$ 1 bilhão para a Aave e Compound

11 Jul, 20223 min readOther
Celsius inicia pagamentos de empréstimos em R$ 1 bilhão para a Aave e Compound

A empresa de empréstimo de criptomoedas Celsius deu início a mais uma rodada de pagamentos. De acordo com o site Zapper, uma carteira de criptomoedas vinculada a Celsius começou a pagar uma dívida de US$ 258 milhões com os protocolos de finanças descentralizadas (DeFi) Aave e Compound.

Segundo os dados, a Celsius reduziu sua dívida de US$ 258 milhões para US$ 235 milhões na sexta-feira (8). Ou seja, a empresa pagou cerca de 8,9%.

Caso Celsius pague totalmente esses empréstimos, a empresa pode recuperar cerca de US$ 950 milhões em criptoativos deixados como garantia. Esses ativos correspondem a R$ 5,1 bilhões e estão presos nos protocolos Aave e Compound como garantia de pagamento.

Após enfrentar problemas e bloquear saques, a Celsius luta para reestruturar sua dívida com os protocolos DeFi e recuperar as garantias. Dessa forma, a empresa poderá honrar com seus compromissos e restabelecer os saques aos clientes.

Como a Celsius paga sua dívida

Sob orientação do CEO Alex Mashinsky, a Celsius está trabalhando com especialistas em reestruturação da empresa de consultoria Alvarez & Marshal. Além disso, a empresa contratou o banco Citigroup para aconselhamentos sobre opções de financiamento.

Em 30 de junho que estava explorando opções para “preservar e proteger ativos” – tais medidas podem incluir a busca de transações estratégicas e a reestruturação de passivos. Um dia após esse anúncio, a Celsius começou a reduzir sua dívida com os protocolos DeFi.

Esses tipos de empréstimos automatizados geralmente possuem garantias em excesso. Por exemplo, um dos empréstimos tinha o valor de US$ 225 milhões e a Celsius deu US$ 450 milhões como garantia.

Por causa disso, a empresa perde bastante liquidez, pois não pode abrir mão nem vender os criptoativos enquanto não pagar o empréstimo. Logo, priorizar o pagamento desses empréstimos em DeFi é visto como prioridade para liberar grandes somas.

Em primeiro lugar, a Celsius começou a pagar sua dívida com o protocolo DeFi Maker, que totalizou US$ 223 milhões. Em menos de uma semana, a empresa recuperou US$ 450 milhões em Wrapped Bitcoin (WBTC) deixados como garantia no protocolo.

O que isso significa para o mercado?

Até a escrita deste texto, a carteira da Celsius devia US$ 150 milhões em USDC para a Aave e outros US$ 85 milhões em DAI na plataforma Compound in Maker.

Em contrapartida, a empresa ofereceu US$ 633 milhões como garantia de pagamento aos dois protocolos. A garantia veio na forma de várias criptomoedas, como WBTC, ETH, LINK, SNX, UNI e COMP.

De acordo com o Etherscan, a Celsius transferiu US$ 16 milhões em DAI e US$ 3 milhões em USDC para Aave nas primeiras horas de sexta-feira (8). Ainda não há registro de pagamentos para a dívida no Compound.

O analista da FundStrat, Walter Teng, disse à CoinDesk no início desta semana que as garantias recuperadas podem ser vendidas posteriormente em exchanges ou por meio de mercados de balcão (OTC) para atender às demandas dos credores e saques dos clientes. E caso isso aconteça, pode pressionar os preços das criptomoedas para baixo.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store