Coin News

Capitulação dos mineradores de Bitcoin é cada vez mais provável

2 h ago5 min readMining
Capitulação dos mineradores de Bitcoin é cada vez mais provável

O mercado de mineração de Bitcoin está se aproximando de seu pior momento desde que a mineração se tornou uma atividade industrial e de capital intensivo, e justamente por conta desses dois fatores (a industrialização da atividade e da quantidade de dinheiro que é empregado) que o mercado de mineração caminha para seu pior cenário. Segundo dados divulgados pela Capriole Investiments, ficou demonstrado que o mercado de mineração caminhada para um momento de capitulação.

A receita de mineração está agora em seu ponto mais baixo na história do Bitcoin, o aumento dos preços da energia está prejudicando as margens já apertadas dos provedores de hospedagem e os mercados de capitais estão se tornando cada vez menos amigáveis.

Aqueles com confiança mais fraca no potencial futuro das receitas da indústria já saíram do mercado, abandonando um excedente de máquinas de mineração ociosas listadas em mercados secundários. Apesar de um declínio geral nos participantes da mineração e condições econômicas desfavoráveis, o Bitcoin estabeleceu novos recordes históricos no hashrate de toda a rede. Isso significa que a competição por recompensas de bloco Bitcoin nunca foi tão intensa. Mas esse rali do hashrate não se reverteu em preço. O hashrate subiu, mas o preço caiu.

Fonte: Blockchain.com

Os fatores que levam a novos hashrate de Bitcoin e altas de dificuldade são principalmente devido à expansão agressiva de mineradores em escala industrial para aumentar sua participação no hashrate no mercado de mineração, apesar das condições econômicas desfavoráveis. Especificamente, existem três:

  • Os mineradores estão implantando máquinas de nova geração que melhoram sua eficiência operacional, aumentando diretamente sua produção de hashrate, apesar dos níveis inalterados de consumo de eletricidade.
  • Tanto os novos projetos de construção quanto os projetos de expansão suplementares que foram planejados anteriormente e provavelmente adiados devido a interrupções na cadeia de suprimentos global estão finalmente entrando em operação, aumentando a capacidade de energia e, finalmente, o hashrate dos mineradores.
  • Os mineradores que anteriormente faziam parceria com operadores de rede elétrica para fornecer serviços de resposta à demanda em grande parte sazonais agora estão redirecionando seu poder para a rede Bitcoin, causando um aumento sazonal no hashrate à medida que a demanda de eletricidade aumenta em regiões populares de mineração, como o Texas.
  • Espera-se que os dois primeiros pontos mencionados acima continuem exercendo pressão sobre o hashrate para crescer até o final de 2022 e são evidenciados tanto pelos planos de construção quanto pelas ordens de máquinas divulgadas pelas empresas de mineração de capital aberto.

    O que se observa é que mineradores antigos, com mais de 7 anos de atividade estão descarregando seus estoques de Bitcoin no mercado. Segundo a Capriole, um aumento de mais de 400% nas últimas três semanas.

    Fonte: Tradingview

    Se o preço não subir em breve, veremos muitos mineradores de Bitcoin fora do negócio, afirma Charles Edwards, CEO da Capriole Investments.

    Altos custos de energia deslocam novos mineradores

    A estratégia de maximizar o crescimento do hashrate e a eficiência operacional tem sido um bom presságio para os mineradores em crises cíclicas passadas. Os mineradores que negociam tarifas de eletricidade baratas (menos de 0,03 USD / kWh) e fortalecem seus balanços durante os mercados em alta. Contudo, esse cenário de bonança só é possível caso o parque industrial de mineração tiver sido atualizado para as máquinas de mineração mais novas.

    Fonte: CoinShares

    No entanto, o crescimento do hashrate dos mineradores aumenta diretamente a competição por recompensas escassas de Bitcoin e em breve poderá ser o catalisador que empurrará a próxima parcela de mineradores marginais para fora do mercado. Abaixo, descobrimos que os mineradores com um custo de energia relativamente alto (0,06 USD / kWh) não são mais positivos em relação ao fluxo de caixa quando operam máquinas lançadas há mais de quatro anos (agora fora do limite de equilíbrio: breakeven). Como resultado, é improvável que os mineradores que entraram em acordos de alto custo de energia, ou optem por comprar à taxa spot local, operem de forma lucrativa, mantendo essas máquinas on-line.

    De olho na métrica do hashprice

    O Hashprice é uma métrica usada para medir os dólares que uma máquina ganha por unidade de Terrahash (TH) por dia. Por exemplo, um S19XP pode rodar a 140 TH. Ao preço de hash de hoje de $ 0,058, a máquina ganha $ 8,12 todos os dias (140 TH * $ 0,058).

    Hashprice também pode ser medido com uma unidade diferente de taxa de hash, $ / Petahash (PH) / dia. Isso é mais útil para mineradores de médio e grande porte que controlam centenas ou milhares de plataformas.

    Em ambos os casos, o hashprice atingiu um novo mínimo histórico a partir de ontem. Isso se deve a dois motivos principais: menor preço do BTC e aumento da dificuldade de mineração. De acordo com a Blockware Intelligence.

    Fonte: Glassnode

    Por que a dificuldade de mineração não está caindo significativamente, apesar da queda dos preços?

    Primeiro, há um enorme atraso na fabricação de plataformas de mineração, construção de infraestrutura de mineração, proteção para Contrato de Compra de Energia (Power Purchase Agreement –PPAs) e implantação de plataformas em produção. Pedidos e sites que foram planejados no ano passado estão sendo conectados agora. A Blockware Intelligence espera que a taxa de crescimento da dificuldade diminua no primeiro trimestre de 2023.

    Em segundo lugar, o BTC caindo para US$ 17.250 adicionou apenas dois segmentos da tabela de equilíbrio do minerador na categoria de não lucratividade. Mesmo que o Bitcoin chegue rapidamente a US$ 15.000, isso não significa que os mineradores desliguem imediatamente suas máquinas.

    Muitos mineradores têm PPAs e contratos de hospedagem que exigem que eles consumam energia ou paguem potencialmente uma taxa adicional. Eles provavelmente continuarão minerando com prejuízo no curto prazo até que o preço do BTC volte a subir ou eles saiam completamente de suas operações.

    Source

    Subscribe to get our top stories

    Coin News
    App StoreApp Store