Coin News

Candidato à presidência da Argentina é acusado de promover pirâmide de criptomoedas

23 Aug, 20223 min readOther
Candidato à presidência da Argentina é acusado de promover pirâmide de criptomoedas

Com mais de 1 milhão de seguidores no Instagram, Javier Milei usou sua conta para promover a CoinX, empresa que afirmava usar “inteligência artificial, bots e uma equipe de traders especializados” para investir em criptomoedas para seus clientes.

Candidato à presidência da Argentina, Milei agora está sendo acusado de promover esta suposta pirâmide financeira. Afinal, informações apontam que a CoinX parou de pagar seus clientes em março após prometer grandes retornos mensais.

Apesar disso, o site da empresa continua simulando possíveis rendimentos nos casos de depósitos, com depósitos em dólar ou na stablecoin Tether (USDT) rendendo mais do que outros em peso argentino.

Candidato à presidência da Argentina é processado por investidores

Na postagem, realizada no dia 18 de dezembro de 2021 e ainda disponível no Instagram, o deputado e candidato à presidência da Argentina comenta que teve o “prazer de conhecer os escritórios da CoinX” e que seus seguidores deveriam escrever para a empresa para buscar conselhos financeiros.

“Eles estão revolucionando a forma de investir para ajudar os argentinos a escapar da inflação. A partir de agora você pode simular seu investimento em pesos, dólares ou criptomoedas e obter lucro.”

View this post on InstagramA post shared by Javier Milei (@javiermilei)

A post shared by Javier Milei (@javiermilei)

Quatro meses depois da visita de Javier Milei, em março deste ano, a CoinX parou de pagar seus clientes após oferecer retornos de até 8% ao mês em relação ao dólar enquanto o peso argentino perdia seu valor em relação à moeda americana.

Segundo o portal argentino Clarin, tal empresa afirmava investir em criptomoedas e mais de 5.000 ações de Wall Street. Bom demais para ser verdade, a CVM da Argentina notificou que a CoinX não pode operar no país.

Apesar disso tudo, o site da empresa ainda apresenta simulações de retornos de investimentos. Caso investirmos 1.000 dólares, receberemos outros US$ 960 após doze meses, prometia a CoinX.

Javier Milei responde às acusações

Após as diversas denúncias de que a CoinX seria uma pirâmide financeira, Javier Milei se pronunciou sobre o assunto, afirmando que não é o golpe.

Segundo presidenciável argentino, tal empresa usa o dinheiro para comprar títulos, assim como bancos, porém conseguia oferecer retornos maiores por escapar das taxas de juros do Banco Central.

Apesar de sua resposta parecer convincente, ela simplesmente vai contra as afirmações da CoinX. Afinal, a mesma afirmava investir em criptomoedas e ativos de Wall Street, usando traders especializados, robôs e até mesmo inteligência artificial.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store