Coin News

BlockFi paralisa operações e saques e cita “temores” com a FTX

11 Nov, 20223 min readOther
BlockFi paralisa operações e saques e cita “temores” com a FTX

Em meio às tensões com a situação da FTX, a plataforma de criptomoedas BlockFi congelou várias operações, incluindo os saques. A decisão da empresa, conforme divulgado na noite da quinta-feira (10), cita exatamente o caso da FTX.

De acordo com a BlockFi, há uma grande “falta de clareza” em torno da situação atual da FTX. Dizendo-se “chocada”, a empresa então anunciou a paralisação dos saques. Além disso, a empresa recomendou que os clientes não depositassem criptomoedas em sua carteira ou contas.

“Compartilharemos mais detalhes o mais rápido possível. Pretendemos nos comunicar com a maior frequência possível, mas prevemos que isso será menos frequente do que nossos clientes e outros acionistas estão acostumados”, disse a plataforma.

Mudança de postura

A mensagem da BlockFi pegou boa parte do mercado de surpresa por dois motivos. Em primeiro lugar, o bloqueio dos saques começou no final da noite de quinta-feira. Segundo, a decisão ocorre apenas dois dias depois que a fundadora e diretora de operações da empresa, Flori Marquez, havia garantido que os serviços da empresa estavam operacionais.

“Há muita ação nos mercados de criptomoedas hoje (8), algo que já vimos antes e estamos acostumados a gerenciar. Mas os depósitos, saques, negociações e empréstimos estão todos em funcionamento”, disse a COO no Twitter.

No entanto, a relação entre a BlockFi e a FTX pode explicar a decisão mais recente. Em julho, a FTX US chegou a anunciar a intenção de comprar a empresa, mas o acordo não prosperou. Contudo, a exchange forneceu uma linha de crédito de US$ 400 milhões para a BlockFi, mesmo sem exercer a opção de compra.

Esses termos incluíam o BlockFi recebendo autorização da Securities and Exchange Commission (SEC) dos EUA para operar um serviço de geração de rendimento nos EUA; atingindo pelo menos US$ 10 bilhões em ativos de clientes no momento em que a FTX US exerceu sua opção e a receita anual da BlockFi.

Entidade independente

De fato, Marquez parecia estar se referindo a esse acordo ao dizer que a BlockFi se manteria como uma “entidade comercial independente”. Além disso, a COO observou que o acordo da empresa era com a FTX US, não com a FTX International.

Esta não é a primeira vez que a BlockFi limita saques para conter problemas de liquidez. O mesmo aconteceu no meio do ano, quando a empresa teve que liquidar o fundo falido Three Arrows Capital (3AC). Mas isso prejudicou a liquidez da própria BlockFi, que limitou temporariamente os saques.

Quanto à FTX, a empresa agora é objeto de investigações estaduais e federais nos Estados Unidos e nas Bahamas. Embora a FTX US esteja bem, de acordo com o fundador Sam Bankman-Fried, a empresa anunciou que pode interromper as negociações nos próximos dias. Na noite de quinta-feira (10), autoridades das Bahamas congelaram fundos da FTX International, conforme noticiou o CriptoFácil.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store