Coin News

Bitcoin volta a desabar neste sábado e puxa mercado de criptomoedas para o vermelho

3 d ago3 min readBitcoin
Bitcoin volta a desabar neste sábado e puxa mercado de criptomoedas para o vermelho

A breve recuperação que as criptomoedas apresentaram na sexta-feira não durou muito tempo. O Bitcoin (BTC) abre o final de semana registrando uma forte queda nesta sábado (14). Nas últimas 24 horas, o recuo é de 6,2% segundo o portal CoinMarketCap.

A perda de fôlego faz a criptomoeda perder o nível de US$ 30 mil e voltar a ser negociada em US$ 28.750, por volta das 111h30. Nas corretoras brasileiras, a criptomoeda está cotada em R$ 148,9 mil.

Ethereum (ETH) segue um caminho parecido ao da criptomoeda líder e também desvaloriza cerca de 7,6%. O ether mais uma vez cai abaixo dos US$ 2 mil e é negociado atualmente por volta de US$ 1.958.

Neste ritmo, o Ethereum já acumula uma perda de 26% nos últimos sete dias, uma desvalorização semanal ainda maior do que os 19% do bitcoin.

A correção deste final de semana também se expande para outras criptomoedas importantes do setor, como Binance Coin (-11%), XRP (-10,9%), Cardano (-14,6%), Solana (-13,9%) e Polkadot (-11,5%).

Os preços de hoje sinalizam que o mercado poe ter uma recuperação mais lenta do que o esperado, após uma semana repleta de eventos turbulentos. A morte da Terra (LUNA) impactou todo o setor e o bitcoin chegou a bater US$ 26 mil na última quinta, sua pior cotação desde dezembro de 2020.

O falso respiro da LUNA

Quem abriu os agregadores de preços de criptomoedas nesta manhã pode ter se surpreendido ao ver a valorização de 950% da Luna nas últimas 24 horas, como mostra o CoinGecko.

Atualmente a moeda é negociada por US$ 0,00035, mas ontem (13) chegou a bater uma mínima histórica de US$ 0,0000009.

A perda de alguns zeros na cotação da Luna explica a valorização. Mas, como demonstrou os eventos da semana passada, o preço do ativo está extremamente instável.

A LUNA perdeu todos os fundamentos que um dia fez sua cotação bater um topo histórico de US$ 119, se tornando agora um ativo meramente especulativo.

Em meio a crise do ecossistema Terra e da stablecoin UST, o preço e a liquidez do Luna se tornou instável nas exchanges que ainda oferecem a negociação do ativo.

A inflação da criptomoeda também explodiu, e a produção desenfreada de Luna nos últimos dias fez subir seu fornecimento total para 6,5 trilhões de token despejados no mercado.

A alta de hoje não esconde, por exemplo, a desvalorização de 100% da LUNA nos últimos sete dias. Na manhã do sábado passado, a criptomoeda valia US$ 73,98. Hoje, apenas US$ 0,00035.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store