Coin News

Bitcoin tem leve alta e vai a R$ 104 mil; ETH cai 5% no dia pós-Merge

16 Sep, 20223 min readBitcoin
Bitcoin tem leve alta e vai a R$ 104 mil; ETH cai 5% no dia pós-Merge

O mercado de criptomoedas abriu a sexta-feira (16) em relativa calmaria, com exceção do preço do Ether (ETH). De acordo com o CoinGecko, o Bitcoin (BTC) registra valorização de 0,22%, operando aos R$ 104.166, com um volume de negociação em R$ 159 bilhões nas últimas 24 horas.

Entre as criptomoedas do Top 10, sete abriram o dia em valorizações, mas com desempenhos bem modestos. A maior valorização é da BNB, que registra alta de 2,01% e vale R$ 1.448. Seu volume de negociação atingiu R$ 4,6 bilhões nas últimas 24 horas.

Outro destaque vai para as três stablecoins que estão no Top 10, já que todas operam com altas acima de 1,5%. A USDC e a USDT registram valorizações de 1,85% e 1,87%, respectivamente, enquanto a BUSD tem um desempenho ligeiramente inferior (1,76%). Atualmente, todas elas mantêm sua paridade com o dólar estadunidense.

Quanto às desvalorizações do Top 10, a Cardano (ADA) tem perdas de 0,17% e vale R$ 2,44. Já a Solana (SOL) registra 0,62% de queda, valendo R$ 173. Ambas movimentaram R$ 2,9 bilhões e R$ 4,5 bilhões nas últimas 24 horas, respectivamente.

ETH volta a cair após o The Merge

No primeiro dia completo após a atualização The Merge, o ETH volta a sofrer uma forte correção no preço. A criptomoeda registrou a maior queda do Top 10 com desvalorização de 5,4% nesta sexta-feira, caindo para a região dos R$ 7.755.

Em dólares, um ETH vale cerca de US$ 1.477, ou seja, a criptomoeda está abaixo da região dos US$ 1.500, considerada um importante suporte. De acordo com o Coinglass, o ETH já acumula perdas de 16,38% nos últimos sete dias, quebrando uma sequência de duas semanas de valorizações.

O The Merge ocorreu com sucesso durante a madrugada da quinta-feira (15), marcando o fim da mineração via Prova de Trabalho (PoW). Agora, a rede Ethereum utiliza o consenso de Prova de Participação (PoS) após sete anos de planejamento.

Por outro lado, os mineradores que não podem minerar mais ETH mudaram para a rede Ethereum Classic (ETC), cujo poder de processamento aumentou em cinco vezes na quinta-feira. No entanto, o ETC opera em queda de 9,32% nas últimas 24 horas, valendo R$ 179,79.

Entre as 30 maiores criptomoedas do mercado, somente a Cosmos (ATOM) e a Chainlink (LINK) registraram valorizações expressivas. A ATOM cresceu 7,51% e vale R$ 81,71, ao passo que a LINK subiu 7,84% e vale R$ 40,60.

O valor de mercado total das criptomoedas caiu 2,53%, atingindo um total de R$ 5,2 trilhões. A dominância do BTC é de 39,4%, enquanto a do ETH atingiu 18,7% do mercado. Juntas, as criptomoedas possuem R$ 2,9 trilhões em valor de mercado.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store