Coin News

Bitcoin reverte perdas e sobe 8% com traders precificando queda de juros em 2023; Ethereum vai a US$ 1.700

24 h ago4 min readBitcoin
Bitcoin reverte perdas e sobe 8% com traders precificando queda de juros em 2023; Ethereum vai a US$ 1.700

Após cair para US$ 18.500 na última segunda-feira, o Bitcoin (BTC) caminha para fechar a semana em alta após voltar a subir na madrugada desta sexta-feira (9). Às 7h de hoje, a criptomoeda opera a US$ 20.704, em salto de 7,9% nas últimas 24 horas.

A maior cripto por capitalização de mercado tenta uma nova retomada enquanto investidores avaliam os últimos comentários agressivos do Federal Reserve (Fed), o banco central dos Estados Unidos, a respeito do combate à inflação e o consequente aumento contínuo dos juros.

Segundo especialistas, no entanto, o mercado já olha mais à frente e começa a precificar uma inflação mais atenuada e a redução no ritmo de aumento dos juros em 2023.

“Atualmente, estamos projetando um corte de juros em junho [do ano que vem] com mais flexibilização até o segundo semestre de 2023”, aponta James Knightley, economista-chefe internacional do banco ING.

“Com a intensificação das forças recessivas, esperamos que a inflação caia de forma relativamente rápida no próximo ano, graças aos preços mais baixos da gasolina que se alimentam de pressões salariais mais fracas e custos de insumos em queda, combinados com a queda dos preços das casas, deprimindo os componentes de aluguel da inflação dos preços ao consumidor”, acrescentou Knightley.

Segunda cripto mais importante, o Ethereum (ETH) acompanha o movimento de alta e avança 4,8% hoje, negociado próximo de US$ 1.700, apagando as perdas vistas nas últimas duas semanas. O ativo digital segue reagindo à especulação de traders em torno do Merge (fusão, em português), atualização que deve ser finalizada até a próxima quinta-feira (15).

Várias altcoins aproveitam o momento e disparam dois dígitos. Os destaques do dia são Ravencoin (RVN), Rocket Pool (RPL) e Cosmos (ATOM), que disparam mais de 20% nesta manhã.

Os criptoativos acompanharam o movimento das bolsas americanas, que fecharam em alta ontem. Os índices Nasdaq, S&P 500 e Dow Jones Industrial Average (DJIA) subiram mais de meio ponto percentual

Os ganhos são vistos como sinal de que os mercados não se incomodaram com as últimas declarações do presidente do Fed, Jerome Powell, que reiterou, em um evento organizado pelo think tank Cato Institute, o compromisso de controlar a inflação. “A história adverte fortemente contra o afrouxamento prematuro da política [monetária]”, disse Powell.

Powell também repetiu a posição de que o Fed não quer interferir na inovação do setor de criptomoedas, mas que a regulamentação é importante. O presidente do banco central americano ainda enfatizou a necessidade de regulamentação adequada das stablecoins para que elas tenham as propriedades como clareza, transparência e reservas totais.

“Não acho que você queira pegar dinheiro e transformá-lo em apenas mais um produto de consumo onde às vezes falha e às vezes é bom”, disse ele.

Assista: Você sabe o que são os tokens de renda fixa que podem entregar 1,5% ao mês?

O comentário veio enquanto Gary Gensler, presidente da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), afirmava em entrevista ao CoinDesk que apenas um punhado das criptomoedas existentes não é valor mobiliário – e que, por isso, as exchanges deveriam buscar registro para ofertá-las.

Para a próxima semana, investidores seguem à espera da divulgação do Índice de Preços ao Consumidor (CPI) dos EUA, que traz consigo a expectativa de alívio na inflação. Além disso, agentes econômicos acompanham de perto a reação da União Europeia diante da primeira alta em sua história de 0,75 pontos-base na taxa de juros.

Binance anuncia ex-CVM do México para conselho global

A Binance anunciou ontem o ex-presidente da Comissão Nacional de Bancos e Valores Mobiliários do México (CNBV), órgão equivalente à Comissão de Valores Mobiliários no Brasil, como o novo membro do novo conselho consultivo global da exchange.

Além do órgão regulador mexicano, Adalberto Palma Gomez acumula passagens por Citibank e Bankers Trust.

O novo nome surge dias após a corretora confirmar o nome do ex-ministro e ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles como integrante do grupo.

Tesouro planeja endossar dólar digital

O Departamento do Tesouro dos EUA aconselhará o governo federal a avançar no plano de criação do dólar digital, de acordo com um pessoa familiarizada com um relatório que surgirá em breve.

Segundo a mesma fonte, no entanto, o aval do Tesouro só será dado se o projeto de moeda digital visar o “interesse nacional”.

A questão de interesse nacional dependerá de mais aprovação do governo Biden e – potencialmente – ação do Congresso, disse a pessoa, que pediu anonimato.

Cadastre-se e descubra como surfar o Boom do Metaverso e transformar essa evolução tecnológica em excelentes oportunidades de investimentos

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store