Coin News

Bitcoin reage e altcoins disparam até 76%, mas baleias estão com medo e analistas suspeitam de armadilha

3 h ago4 min readAltcoins
Bitcoin reage e altcoins disparam até 76%, mas baleias estão com medo e analistas suspeitam de armadilha

Apesar de a semana ser de liquidez reduzida no mercado em razão do encurtamento das atividades nas bolsas dos EUA por causa do feriado do Dia de Ação de Graças na próxima quinta-feira (24), que se soma às expectativas de possíveis sinais da postura frente à taxa de juros do Federal Reserve (Fed), o banco central da maior economia do planeta, contidos na divulgação da ata da última reunião do comitê de política monetária (Fomc), o mercado de criptomoedas movimentava US$ 826 bilhões (+6%) nesta quarta-feira (23). Apesar do avanço, o sentimento majoritário é de que o avanço não passa de um “pulo de gato morto.”

A alta se replicava no preço do Bitcoin (BTC), trocado de mãos por US$ 16,6 mil (+5,1%) com 38,5% de dominância de mercado e no valor das principais altcoins, com exceção das stablecoins, cujos avanços chegavam a dois dígitos. Era o caso do BNB, trocado de mãos por US$ 296 (+16,3%), do DOGE, avaliado em US$ 0,082 (+10,2%), do SOL, precificado em US$ 13,24 (+17%), do LTC, transacionado por US$ 78,78 (+27,3%), do AVAX, estabelecido em US$ 12,83 (+10,6%), do ATOM, negociado por US$ 9,83 (+10,6%) e do ETC, nivelado em US$ 19,71 (+11,4%).

Alguns tokens apresentavam ganhos ainda maiores, como o VIDT, token da plataforma da Web 3 voltada à verificação de autenticidade de dados Vidt DAO, que era trocado de mãos por US$ 0,073 (+73%), preço que representava um salto substancial pelo segundo dia consecutivo, já que o criptoativo imprimiu alta de 91% na última terça com um anúncio da exchange de criptomoedas Binance.

Gráfico diário do par VIDT/USD. Fonte: CoinMarketCap

Outra ascensão expressiva era a do TIME, token nativo da plataforma Chrono.tech, voltada a soluções baseadas em blockchain para processos de recrutamento, RH e pagamento, que se encontrava precificado em US$ 135,27 (+76%).

Gráfico diário do par TIME/USD. Fonte: CoinMarketCap

Aparentemente, o avanço de preços não condiz com o sentimento do mercado. Pelo menos foi o que sugeriu um insight da plataforma de análise on-chain Glassnode do início da semana, quando o FUD (medo, incerteza e dúvida) com a possível falência da empresa de empréstimo de criptomoedas Genesis parecia dominar o mercado. Segundo a Glassnode, o FUD ainda domina as baleias e os investidores veteranos.

In the wake of the FTX fallout, confidence of both #Bitcoin Whales, and Long-Term holders appears shakenWith over 84k $BTC distributed by LTHs, and ~5k $BTC in net whale exchange deposits, #Bitcoin markets are on shaky ground.Read our latest analysis👇— glassnode (@glassnode) November 21, 2022

Não por acaso, o analista de pseudônimo Capo, que recentemente fez uma “previsão do fim do mundo” ao sugerir um futuro sombrio para o Bitcoin, também foi ao Twitter alertar os investidores dizendo que a euforia não se justifica e que pode ser uma armadilha contra os touros por causa de uma série de componentes que levam a retestes de baixa do BTC, que deverá chegar em uma faixa entre US$ 12 mil e US$ 14 mil, segundo ele.

What I see:-Bearish retests everywhere.-Hidden bearish divergences on several timeframes.-Bounces showing clear bull trap characteristics.-Supply coming in (a lot)-People euphoric with price at 16ks...12000-14000 is a matter of time. 40-50% drop on average for altcoins.— il Capo Of Crypto (@CryptoCapo_) November 23, 2022

Com 2020 chegando ao fim, o Bitcoin deverá encerrar um ano negativo pela terceira vez na história, embora a comunidade cripto esteja de olho em uma nova máxima, conforme noticiou o Cointelegraph Brasil.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store