Coin News

Bitcoin pode ser oportunidade na crise mundial, diz gerente da CoinsPaid

21 Sep, 20224 min readBitcoin
Bitcoin pode ser oportunidade na crise mundial, diz gerente da CoinsPaid

O Bitcoin pode oferecer uma oportunidade grande com a crise mundial que se apresenta nos últimos meses e cada vez mais precificada pelos mercados financeiros, com bolsas em queda há e temores de recessão maiores.

A moeda digital está prestes a completar 14 anos de vida, sendo a primeira divisa já criada na história da humanidade a não ter um controle central.

Mesmo assim, sua cotação em Dólar não passa por um bom momento de mercado e o bitcoin está valendo apenas US$ 19 mil hoje, com uma queda acumulada de 72% nos últimos 10 meses.

Gerente de empresa do setor acredita que Bitcoin pode oferecer grande oportunidade na crise mundial

Em um artigo escrito por Estefano Debernardi, Gerente de Desenvolvimento de Negócios para Latam da CoinsPaid, ele discutiu sobre os atuais desafios econômicos, que podem significar a maior crise mundial dos últimos 22 anos.

De acordo com ele, a queda dos mercados nos anos 2000, com a bolha da internet, foi terrível para investidores principalmente norte-americanos, que perderam muito dinheiro.

Mas mesmo quem comprou na alta daquele mercado e aguardou por 14 anos, conseguiu ter lucros em 2014 com a volta de várias ações a um mercado de alta.

Mas a atual crise envolve comida, tensões geopolíticas e inflação pelo mundo, o que tem sido novamente um cenário preocupante para qualquer investidor. Para Estefano, a crise atual quebra as regras da economia dos últimos 77 anos.

“Além da crise alimentar e energética, podemos enfrentar uma redistribuição completa dos mercados no nível geopolítico. Uma mudança dessa magnitude leva a uma maior volatilidade e perdas de eficiência no longo prazo. Ele quebra radicalmente as cadeias de suprimentos e as regras da economia global que existem nos últimos 77 anos.”

Segundo ele, no curto prazo é possível que as criptomoedas sigam as cotação de ações de bolsas de valores, caindo em relação ao Dólar.

Contudo, no longo prazo, é possível que o Bitcoin seja uma das maiores oportunidades para investidores, se tornando independente das oscilações do mercado financeiro tradicional.

“Enfrentamos uma situação semelhante à de 22 anos atrás, no entanto, a crise de hoje é muito mais grave do que em 2000. No curto prazo, o mercado de criptomoedas seguirá o movimento das ações. Ainda assim, à medida que a indústria evolui e novos usos aparecem, ela tem a chance de se tornar um player independente. Em qualquer crise, o capital busca um “porto seguro” seja ele metais preciosos, alimentos ou até mesmo criptomoedas.”

Criptomoedas já superam o Euro

Para o gerente da CoinsPaid, a sua visão é de que as criptomoedas já superarão o Euro, moeda do bloco Europeu superada pelo Dólar em 2022.

Mas isso é apenas uma prova do colapso de moedas fracas durante a crise mundial de 2022, que pode ser a pior dos últimos 22 anos. Tudo isso leva as pessoas a conhecerem as criptomoedas e o Bitcoin como porto seguro, visto que não são moedas controladas pelos governos.

“Mesmo durante o “inverno cripto”, com a queda repentina no valor das criptomoedas, a Coinspaid se surpreende ao se dissociar da desvalorização das criptomoedas e do fraco desempenho do mercado de ações. Isso significa que o interesse por criptomoedas continua crescendo e está se tornando parte do dia a dia de mais pessoas e mudando sua relação com o dinheiro e se tornando um novo porto seguro.Apesar da volatilidade que os principais ativos criptográficos apresentam em cenários de crise e com queda nos mercados financeiros, a valorização das criptomoedas mostra-se maior do que as ações ou em relação ao desempenho de moedas fiduciárias como o euro, moeda que sofreu uma forte desvalorização em relação a outras moedas.”

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store