Coin News

Bitcoin e Ether caem após dados de inflação persistente nos EUA

13 Sep, 20223 min readBitcoin
Bitcoin e Ether caem após dados de inflação persistente nos EUA

O banco central dos Estados Unidos (Fed) divulgou os aguardados dados sobre a inflação do país nesta segunda-feira (13). No entanto, a inflação no país segue dando sinais de alta, o que afetou negativamente o preço das criptomoedas.

Às 9h30, horário de Brasília, logo após a divulgação dos dados, o Bitcoin (BTC) já operava em queda de 3,97%, valendo US$ 21.344 (R$ 111.454). Enquanto isso, o preço do Ether (ETH) caía 7,18%, a US$ 1.621, ou R$ 8.427 em valores atuais.

No gráfico abaixo é possível ver o impacto que os dados de inflação tiveram no preço do BTC. Até a divulgação dos dados, o preço operava no campo positivo, tendo superado os US$ 22.600. No entanto, os resultados causaram uma forte perda superior a US$ 1.000 em poucos minutos.

Preço do BTC desaba após anúncio de inflação. Fonte: CoinMarketCap (em dólares).

Inflação desacelera, mas dá sinais de persistência

De acordo com os dados de inflação divulgados, o índice CPI registrou alta de 0,1% em agosto na comparação com julho. O valor, embora baixo, superou as expectativas do mercado, que previa deflação de 0,1% no mês passado.

Já o Core CPI, que exclui os gastos com alimentação e energia elétrica, teve alta de 0,6% em agosto – o dobro da expectativa de 0,3% esperada pelo mercado. Ou seja, a inflação mensal de agosto acelerou em todos os sentidos, o que representa um mau sinal.

Como resultado desse aumento, a inflação dos EUA nos últimos 12 meses também demonstrou resiliência. Na verdade o CPI caiu até caiu de 8,5% em julho para 8,3% em agosto, mas o mercado estimava um CPI de 8,1%.

No caso do Core CPI, o índice atingiu 6,3% em 12 meses no mês de agosto, 0,2 pontos percentuais acima da estimativa do mercado (6,1%). Portanto, o Core CPI também superou as expectativas do mercado e não caiu da forma como era esperada.

Maiores quedas e altas

A maior parte da queda do CPI ocorreu por causa dos combustíveis. Por exemplo, o índice da gasolina caiu 10,6% em agosto, o que amenizou os preços. O índice de alimentos, por sua vez, continuou a subir, aumentando 0,8% no mês, com os preços da alimentação em casa variando +0,7%.

Os aumentos nos índices de moradia, alimentação e assistência médica foram os maiores de contribuintes para o aumento mensal. Por isso que a inflação veio acima do esperado.

Mesmo em queda, as projeções do CPI deixaram o mercado pessimista, pois os preços não caíram conforme o ritmo esperado. Por isso, o Fed provavelmente terá que reforçar ainda mais o ciclo de aumento dos juros nos EUA.

Com juros maiores, os ativos de risco tendem a perder mais valor, o que explica a desvalorização do BTC e do ETH. Já o mercado de criptomoedas como um todo perdeu 4,28% de seu valor, que agora é de US$ 1,02 trilhão, ou cerca de R$ 5,1 trilhões.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store