Coin News

Bitcoin entra na sétima semana em queda. Criptomoedas chegam a recuar 11% em 24 horas. Confira os preços das criptomoedas hoje

9 May, 20223 min readBitcoin
Bitcoin entra na sétima semana em queda. Criptomoedas chegam a recuar 11% em 24 horas. Confira os preços das criptomoedas hoje

O mercado de criptomoedas abriu a semana com mais um dia de queda acentuada. Por volta das 9h, o Bitcoin, Ethereum, Solana e outros criptoativos continuavam o que seria a maior sequência de queda desde 2014.

O mercado global de criptomoedas caiu 2,18% nas últimas 24 horas, de acordo com os dados da CoinMarketCap, chegando a US$ 1,55 trilhão. De acordo com alguns especialistas, os ganhos do índice do dólar resultarão em uma queda ainda maior nas criptomoedas nos próximos dias.

O Nasdaq 100 e a B3 caiu mais uma vez pela quinta semana consecutiva. Os mercados de criptomoedas estão se movendo em sintonia com o mercado de ações. Neste momento, os investidores tratam o BTC como um ativo de alto risco. O medo de um aumento na inflação fez com que muitos investidores vendessem seus ativos.

O Bitcoin, principal criptomoeda em capitalização, caiu mais 4,8% nas últimas 24 horas. O preço do BTC que aparece em queda livre nos gráficos, chegou a US$ 33.077,02 às 9h. De acordo com a CoinGecko, o BTC já caiu 52% desde que atingiu seu valor máximo de US$ 69 mil, em 10 de novembro de 2021.

A Ethereum, segunda maior criptomoeda em capitalização, também apresentou uma queda acentuada após o final de semana. Por volta das 9h, a ETH atingiu o preço de US$ 2.406,41 após cair 6,4%. Sendo um dos principais ativos para a economia DeFi, a ETH já caiu cerca de 51% de seu preço máximo. Os dados, são de acordo com a CoinGecko.

Além disso, outras criptomoedas também apresentaram quedas acentuadas. É o caso das moedas BNB, XRP, Solana, Cardano, Terra, Polkadot e Avalanche. Entre as principais do mercado, a queda chegou a 11%. Entre as criptomoedas meme não foi diferente com a queda de 12,5% da Shiba Inu.

Preço das criptomoedas hoje

  • Bitcoin: US$ 33.077,02 (-4,8%)
  • Ethereum: US$ 2.406,41 (-6,4%)
  • BNB: US$ 332,60 (-7%)
  • XRP: US$ 0,537847 (-6,7%)
  • Solana: US$ 72,16 (-8,8%)
  • Cardano: US$ 0,670588 (-10,3%)
  • Terra: US$ 59,47 (-6,2%)
  • Dogecoin: US$ 0,117535 (-6,8%)
  • Polkadot: US$ 12,02 (-11,5%)
  • Avalanche: US$ 49,39 (-8,7%)
  • O valor de mercado das criptomoedas estava sendo negociado em queda acentuada na marca de US$ 1,53 trilhão, caindo cerca de 3% nas últimas 24 horas. No entanto, o volume total de negociação de criptomoedas aumentou cerca de 14%, para US$ 98,63 bilhões.

    Criptomoedas no mundo

    O Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC) do Departamento do Tesouro dos EUA sancionou o Blender.io, um serviço de mixagem de criptomoedas ligado à Coreia do Norte que ofusca a origem e o destino das transações de Bitcoin, e adicionou endereços de Bitcoin e Ethereum à sua lista negra.

    Hacks de alto perfil em “pontes” criptográficas – que permitem que os usuários troquem tokens digitais entre blockchains – estão criando oportunidades para exchanges e outros negócios oferecerem alternativas mais seguras.

    O Google está montando uma equipe web3 para criar serviços para desenvolvedores que executam aplicativos blockchain. A Web3 ainda está em suas fases iniciais, mas a empresa está otimista em sua promessa significativa.

    A empresa de jogos Blockchain Irreverent Labs levantou US$ 40 milhões em uma rodada de financiamento recentemente concluída, de acordo com os registros da Securities and Exchange Commission (SEC).

    Cuba caminha à passos largos para a adoção do Bitcoin como moeda de negociação internacional, para driblar sansões econômicas e restrição de acesso ao dólar. Cada vez mais cidadãos, como donos de lojas e trabalhadores utilizam criptomoedas no dia-a-dia, em uma tentativa de substituir carteiras virtuais e sites de pagamento como o PayPal.

    Source

    Subscribe to get our top stories

    Coin News
    App StoreApp Store